Cássio divulga nota de pesar pelo falecimento de Eduardo Campos

    0

    O senador Cássio Cunha Lima, candidato do PSDB ao Governo da Paraíba, expressou, na tarde desta quarta-feira (13), através de nota, seu “profundo pesar” pela morte do ex-governador de Pernambuco e candidato a presidente da República pelo PSB, Eduardo Campos, vítima de acidente aéreo nesta manhã no Litoral paulista.

    “Lamento pelo Brasil, que perde um de seus líderes. Lamento pelo Nordeste, que perde um de seus porta-vozes mais autorizados. E lamento por todos os que, como eu, tiveram o privilégio que eu vivi de conhecer Eduardo Campos, um líder sempre antenado com nosso tempo e com o futuro, mas sem jamais perder de vista suas raízes políticas essencialmente populares, voltadas para quem os que pouco ou nada têm”, diz trecho da nota divulgada por Cássio.

    Leia abaixo a integra da nota emitida pelo senador paraibano.

    NOTA DE PESAR

    Estou profundamente abalado com essa tragédia que se abateu sobre o País. Perdi um grande amigo, mas sobretudo perdemos um dos mais brilhantes políticos dessa nova geração. Testemunhei em Eduardo, nos meses anteriores à campanha presidencial, uma visão privilegiada do Brasil e de seus problemas, um foco e dedicação incomuns para a superação dos desafios de nosso país.

    Lamento pelo Brasil, que perde um de seus líderes. Lamento pelo Nordeste, que perde um de seus porta-vozes mais autorizados. E lamento por todos os que, como eu, tiveram o privilégio que eu vivi de conhecer Eduardo Campos, um líder sempre antenado com nosso tempo e com o futuro, mas sem jamais perder de vista suas raízes políticas essencialmente populares, voltadas para quem os que pouco ou nada têm.

    Estendo meus sentimentos de pesar a todos os ocupantes da aeronave e seus familiares, e as minhas condolências, especialmente para Renata, companheira de toda uma vida, e os filhos, Maria Eduarda, João, Pedro, José e Miguel.

    Eduardo nos deixou tragicamente no mesmo dia 13 de agosto da morte de seu avô Miguel Arraes. Até o destino sublinhou como os dois foram semelhantes, inclusive na incrível capacidade de ambos de despertar esperança mesmo quando os horizontes parecem mais sombrios. Siga em paz, Eduardo. O Brasil chora sua morte. Mas aplaude sua vida.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here