Cartaxo visita o Parque Solon de Lucena e obras entram na reta final

0

A Prefeitura de João Pessoa está muito perto de fazer uma entrega histórica à população e que certamente irá gerar grandes impactos nos mais diversos aspectos da cidade, como o turismo, a mobilidade, a saúde, o lazer, a cultura e o desenvolvimento econômico. As obras de requalificação do Parque Solon de Lucena estão promovendo uma verdadeira transformação, dá uma nova dimensão ao principal cartão-postal da Capital paraibana. Os trabalhos foram visitados na manhã desta quinta-feira (17) pelo prefeito Luciano Cartaxo.

Uma ação efetiva para acabar com os transtornos causados pela Lagoa, principalmente no que diz respeito aos alagamentos no período de chuvas, dos equipamentos sem manutenção e da violência que surgiu a reboque da degradação do local, era aguardada pela população de João Pessoa há mais de três décadas. Algumas reformas foram realizadas em gestões anteriores, mas nunca com um caráter de promover uma verdadeira transformação no local, garantindo soluções definitivas para os problemas e garantindo a valorização não somente do equipamento público, mas de toda uma área central e importante para a cidade.

“O que estamos fazendo na Lagoa é uma obra histórica para a cidade. Sempre foi tratada como uma espécie de vespeiro, por isso outros tiveram a oportunidade de fazer, mas optaram por não realizar mudanças significativas, estruturais. Além de solucionar problemas antigos, vamos entregar um parque completamente novo, muito maior que o anterior, com mais opções de lazer para a população de João Pessoa poder passear com a família, cuidar da saúde, praticar esportes, sem contar com o impulso que teremos no setor turístico. Tenho certeza que vai se transformar em um local que tanto os pessoenses quanto os turistas farão questão de frequentar”, comentou o prefeito Luciano Cartaxo.

As obras foram divididas em três partes. Duas delas já foram finalizadas. Uma delas é a da construção do túnel que leva a água da Lagoa até a tubulação da Cagepa e, de lá, até o Rio Sanhauá, acabando com os alagamentos que atingiam a área sempre que uma chuva forte caía em João Pessoa. “Depois que finalizamos os períodos de testes e ajustes, já aconteceram duas chuvas fortes e não houve qualquer tipo de problema”, explicou o secretário municipal de Infraestrutura, Cássio Andrade. A outra ação já finalizada é a do muro de contenção que contorna a Lagoa.

As atenções estão todas voltadas agora para a intervenção no Parque Solon de Lucena. A principal alteração já tem sido sentida pela população, com o deslocamento do tráfego de veículos apenas para o anel externo, já que o anel interno será utilizado apenas para a circulação de pedestres. “No começo, foi meio difícil para a população se acostumar com a nova mobilidade na área. Mantivemos o diálogo com as pessoas, fizemos os ajustes necessários, e agora o novo formato começa a fazer parte do dia a dia dos pessoenses”, avaliou o superintendente de Mobilidade Urbana, Carlos Batinga.

Desde que começaram as obras do novo Parque, a Lagoa foi cercada por tapumes. Mas quem for ao restaurante Cassino da Lagoa poderá ter uma boa ideia do estágio em que a intervenção se encontra. De acordo com a Secretaria de Infraestrutura, a obra está com 70% dos serviços concluídos, dentro do que se espera para que o equipamento público seja entregue à população na data prevista.

O anel interno, na área próxima ao Cassino da Lagoa, já possui duas baterias de quiosques praticamente prontas. Os futuros pontos comerciais já estão todos pintados, com a cerâmica aplicada e com todas as instalações prontas. Falta apenas o acabamento final. No total, serão sete baterias de quiosques, com duas unidades em cada uma delas. Uma das três baterias de banheiros também já está finalizada. Também já foi iniciada a construção do posto policial que vai abrigar a Guarda Municipal e a Polícia Militar.

Na parte de paisagismo, 40% da grama já foi colocada. Com as mudanças na pista do anel interno, cresce a área verde. Para ocupar o novo espaço e reforçar outras áreas do parque, serão plantadas 481 novas árvores, entre espécies nativas da Mata Atlântica e regionais. O novo parque da Lagoa contará com um total de 12 praças, sendo que seis delas já estão finalizadas.

O deck que fica em frente ao Cassino, onde serão instaladas mesas e cadeiras para acomodar visitantes, já está 50% pronto. A parte de infraestrutura também está próximo de ser finalizada. O sistema de drenagem, que vai controlar a água despejada pelas ruas e avenidas do entorno, acabando com outra possibilidade de alagamentos, já está com 80% dos serviços realizados. Já o sistema automático de irrigação segue em paralelo à instalação da grama e já está 60% pronto.

Um setor que certamente estará entre os mais frequentados pelos visitantes também está bastante adiantado. A ciclovia, toda com piso em concreto e pintada na mesma cor da Calçadinha da Orla, e o passeio e pista de cooper, que está recebendo o piso intertravado, já estão 65% finalizados. A pista de skate, uma das atrações mais aguardadas pelos jovens da Capital, também já foi iniciada. Além das pistas, existem 35 mil metros quadrados (m²) de passeios pavimentados que dão para as quatro entradas do parque, quiosques, banheiros e praças.

“A população de João Pessoa pode ter certeza que a Prefeitura tem trabalhado com afinco para entregar um equipamento público de qualidade, como as creches, escolas, UPAs, Unidades de Saúde da Família e praças que temos construído ou requalificado. A Lagoa simboliza um novo tempo que estamos inaugurando em João Pessoa, onde as pessoas são convidadas a utilizar o que a cidade tem para oferecer”, declarou Luciano Cartaxo.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: redacao@paraibaja.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here