Cartaxo não reajusta salário e auditores fiscais podem entrar em greve

0
160

Há dois anos sem reajuste salariais, os auditores fiscais do município de João Pessoa estão a um passo de declarar greve geral, por tempo indeterminado, nos próximos dias. A direção do Sindicato dos Agentes Fiscais do Município de Joao Pessoa (Sindifim/JP), anunciou na tarde desta quarta-feira, 17, a realização de uma assembleia geral extraordinária, a partir das 9 horas, desta quinta-feira, 18,  na sede do sindicato, localizada na Rua da Areia, bairro do Varadouro,  para discutir os rumos a ser tomados em relação a política salarial da categoria.

Eles reclamam que o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) há dois anos não reajusta o salário da classe e sequer sinaliza para dialogar. “Ontem foram os Agentes Comunitários de Saúde que invadiram a Câmara Municipal para reivindicar os direitos deles. A cada dia que passa uma categoria vem à público reclamar da situação financeira. Nós não podemos ficar de braços cruzados enquanto a administração municipal faz de conta que não tem nada com a situação financeira dos servidores municipais e sequer senta para uma conversa”, disparou um doa diretores do Sindicato.

Do Fatos PB

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here