“Carta do Nordeste” vai propor a Dilma mais infraestrutura

    0

    A melhoria da qualidade de vida dos cerca de 56 milhões de pessoas que vivem nos 1.794 municípios dos nove estados nordestinos  é o foco central na pauta dos oito governadores eleitos do Nordeste que terão reunião de trabalho em João Pessoa. O evento acontece na terça-feira (9), a partir das 9 horas no Centro de Convenções. Os novos gestores querem  mais agilidade e eficácia nas políticas públicas para que possam também promover atrativos para novos investimentos da iniciativa privada.

    A iniciativa do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, já repercute na imprensa de todo o país, por seu ineditismo e pelo peso político que tem o Nordeste na atual conjuntura do País. A presidente da República, Dilma Rousseff, foi reeleita com a votação extraordinária que teve na região e acompanha de Brasília a movimentação, os preparativos desse encontro.

    Para a reunião de oito governadores eleitos o governo federal deverá enviar algum ministro ou técnicos para o debate sobre o que propõem, o que pensam os futuros governantes de 56 milhões de brasileiros.  A”Carta do Nordeste”, que será elaborada por governadores aliados do governo Dilma, terá em seu conteúdo o desenvolvimento econômico regional como um dos temas. “Entre outros assuntos, vamos discutir aceleração dos investimentos na infraestrutura de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos do Nordeste, visando o fortalecimento da integração regional e como fator fundamental de competitividade regional”, adiantou o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho.

    Melhor PIB e IDHM – Juntos, os governadores eleitos querem fazer crescer o Produto Interno Bruto (PIB) da região que hoje é de 551 bilhões de reais. O maior PIB é o da Bahia com 159 bilhões de reais. O menor é o PIB do Piauí, em 24 bilhões de reais. A Paraíba tem hoje um PIB de 35 bilhões de reais.

    É meta dos governadores também conseguirem avanços nos índices do IDHM – Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, uma medida composta de indicadores de três dimensões do desenvolvimento humano: longevidade, educação e renda. O índice varia de 0 a 1. Quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento humano.

    Atualmente o melhor IDHM na região Nordeste é o do Rio Grande do Norte, que mede 0,684. O menor na região fica com o estado de Alagoas 0,631. Na Paraíba o IDHM mede hoje 0,658.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here