Candidatos admitem que falta de recursos inviabiliza abrangência de campanhas

    0

    De acordo com um colunista de um jornal impresso de João Pessoa, alguns candidatos a deputado, por exemplo, têm se queixado do alto custo de uma campanha eleitoral. Segundo o jornalista candidatos a uma vaga na Câmara Federal afirmam que lideranças políticas, com prefeitos e vereadores pelo interior, costumam oferecer apoio, ajuda na conquista de votos por um preço muito alto. Ou seja, pedem determinados valores para poder trabalhar em busca de eleitores para um candidato a deputado que procure apoio político.

    Existem até alguns deputados estaduais que desistiram de concorrer à reeleição, alegando inclusive o custo alto da campanha como uma das principais barreiras. É caso de Francisco Quintans (DEM), Ivaldo Morais (PMDB) e Lúcia Braga (PV), que desistiram de conquistar mais uma vez uma vaga na Assembleia Legislativa.

    O vereador de João Pessoa, pelo PDT, Raoni Mendes, é candidato a deputado estadual e afirmou ao Paraíba Já que reprova essa velha prática política que a Paraíba tem experimentado ao longo dos anos. “É uma prática velha, que não faço uso dela. Minha candidatura é estruturada na minha base política de ideias e compromissos de trabalho com o povo”, disse.

    Já o vereador de João Pessoa e esposo da candidata a senadora Leila Fonseca (PROS), Djanilson da Fonseca, lamenta que isso realmente exista e diz que quem mais perde é a população. “Isso é nocivo à política. Esse tipo de adesão faz mal ao estado e a gente sabe disso. É por isso que a gente nem procura esse tipo de apoio porque sempre querem dinheiro. Eles não apoiam projetos, querem mesmo é dinheiro. Não é uma disputa de projetos e sim de estrutura. E quem paga o preço é a população”, desabafou.

    Até agora, Djanilson afirma que a candidatura de Leila não recebeu nenhuma doação de campanha, nem adesão de lideranças políticas. “Apenas temos o apoio da população. A nossa base é nas redes sociais”, disse.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here