Candidato acusa Berg Lima de ‘quebrar’ empresa em menos de oito meses

0

Mais uma denúncia que coloca em xeque a capacidade de administrar do candidato a prefeito de Bayeux, Berg Lima (PTN), veio à tona nesta quinta-feira (9). Desta vez, foi o também candidato a prefeito pelo PEN, Tonny Cultura, que apresentou documentos atestando que seu adversário conseguiu em pouco menos de oito meses fechar uma empresa.

A empresa citada por Tonny é a Faz Assessoria de Comunicação WEB, que tinha como número de CNJP 17.887.842/0001-00. A documentação exposta por Tony comprova que a empresa, aberta em 8 de abril de 2003, funcionou até 13 de novembro de 2003.

“É impressionante como um candidato tenta enganar a população de Bayeux, dizendo ser o mais capaz, cheio de ideias, mas não consegue, sequer, administrar uma empresa, imagina uma prefeitura. Esses documentos que apresento agora representam um atestado de incompetência do candidato Berg Lima”, falou.

Tonny Cultura ainda lembrou que seu concorrente é acusado de desviar dinheiro do condomínio Pop Shop, localizado em frente ao prédio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Centro da Capital.

“Esse é um assunto que tem ganhado as ruas de Bayeux, as pessoas estão estarrecidas com essa notícia e me param na rua para saber de detalhes. Políticos desse nível não merecem nenhuma credibilidade”, afirmou.

Veja documentos:

Candidato acusa Berg Lima de ‘quebrar’ empresa em menos de oito meses

Candidato acusa Berg Lima de ‘quebrar’ empresa em menos de oito meses

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here