Campinense vence fora de casa e agora vai decidir classificação na Série D no Amigão

0

O Campinense segue a sua recuperação no Brasileiro da Série D. Depois de somar apenas um ponto nas três primeiras rodadas, o vice-campeão da Copa do Nordeste emplacou duas vitórias seguidas e agora vai ter a oportunidade de decidir a classificação para o mata-mata em casa, na próxima rodada.

Neste sábado (9), a Raposa foi até Aracaju e bateu o Sergipe por 1 a 0, com gol de Alex Sandro, e se igualou a Fluminense de Feira Santana (BA) e Murici (AL) com 7 pontos no Grupo A9 – baianos e alagoanos ainda jogam neste domingo (10) pela quinta rodada. O Sergipe, por sua vez, segue sem vitórias na competição. E, pior, com a derrota em casa o time de Luciano Dias não tem mais nenhuma possibilidade de classificação.

A situação do Campinense é muito favorável, independente do resultado de Murici x Flu de Feira neste domingo. Isso porque vai decidir em casa contra os alagoanos, na pior das hipóteses com a chance de superar o adversário no saldo de gols. Ou seja, vai entrar em campo dependendo apenas de suas forças para chegar à classificação.

Jogo fraco e gol da vitória no segundo tempo

Sergipe e Campinense entraram em campo neste sábado sabendo que só a vitória interessava. Apesar do jogo aberto, com as duas equipes procurando o gol a cada instante, foram pouquíssimas as oportunidades criadas.

Mais organizado, a Raposa provocou a reação imediata do torcedor do Sergipe, que passou a pressionar o time em campo. O resultado foi uma equipe nervosa, que pouco ameaçou Gledson nos primeiros minutos. Foi necessário a intervenção de Luciano Dias, que chamou a atenção dos jogadores, para a equipe da casa equilibrar as ações e até terminar o primeiro tempo com mais posse de bola.

A segunda etapa começou melhor. Tanto que, com apenas dois minutos, já tínhamos uma chance clara para cada lado: Reginaldo Júnior, pelo Campinense; e Douglas, pelo Sergipe. Na sequência, Hiago pediu pênalti após disputar a bola com Negretti, dentro da área, mas o juiz mandou o lance seguir para desespero dos sergipanos.

A história da partida começou a mudar aos 26 minutos. Foi quando Alex Sandro entrou no lugar de Filipe Ramon. Sete minutos depois, o atacante recebeu na cara do goleiro Giovani e teve frieza para chutar colocado, abrindo o placar no Batistão.

No fim, a emoção que estava faltando apareceu. Aos 45, quase Carlos Alexandre marca – só que contra. No ataque seguinte, Douglas Esquilo recebe livre, olha para o gol e… manda longe! Era a última tentativa do Sergipe, que agora só cumpre tabela na última rodada contra o Fluminense-BA, em Feira de Santana. As informações são do Globesporte.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here