Campinense enfrenta hoje o Operário-PR no jogo de ida do mata-mata da Série D

    0

    Agora é mata-mata. Depois de ambos os clubes passarem pela fase de grupos, Campinense e Operário-PR iniciam na tarde deste domingo as oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. A partida, a primeira de duas entre as duas equipes, vai acontecer a partir das 15h30 no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa. A partida de volta acontece no dia 4 de outubro, em Campina Grande.

    O duelo é entre os dois campeões estaduais. E o Operário realiza a primeira partida em casa por ter sido o segundo colocado de seu grupo, ainda que tenha conquistado mais pontos do que o Campinense, líder de seu grupo. Enquanto os paranaenses marcaram 16 pontos, os paraibanos marcaram apenas 14.

    Uma curiosidade é que apesar dos dois times em tese se conhecerem pouco e terem fechado seus respectivos treinos como forma de manter o segredo, cada lado terá suas armas. Na Raposa, o volante Negretti é paranaense e promete passar algumas informações da realidade do futebol do Estado. Mas é o Operário quem tem os principais “espiões”. A equipe contratou o volante Nata e o meia Doda, que até a semana passada jogavam no Botafogo-PB. Além disto, o técnico Itamar Schulle também já trabalhou na equipe pessoense e conhece o futebol paraibano.

    A partida vai ter arbitragem carioca de Wagner do Nascimento Magalhães, Wendel de Paiva Gouveia e João Luiz Coelho.

    ESCALAÇÕES

    Operário-PR: Itamar diz que só define a equipe no vestiário. E assim não divulgou se vai usar os recém-contratados Nata e Doda, por mais que a tendência é que eles só entrem na etapa final. Ainda assim, devem ser poucas as mudanças no time para o jogo que ainda na fase de grupos venceu o Resende por 3 a 1. O time deve ter Paulo Sérgio, Alemão (Peixoto), Sosa, Marcelo Xavier, Peixoto; Chicão, Capa, Rossi, Lúcio Flávio, Rennan Oliveira e Gilvan..

    Campinense: No último treino antes da viagem para Ponta Grossa, Francisco Diá ganhou uma dúvida: o zagueiro Joécio sentiu desconforto muscular na coxa direita, mas ainda assim viajou com a equipe. O atacante Rodrigão, por sua vez, que chegou a ser vetado, se recuperou bem e pode ser que jogue. Ele é outro que viajou sem saber se joga. Em compensação, o volante Douglas Oliveira foi contratado e o atacante Túlio Renan volta ao time depois de cumprir suspensão. Ambos reforçam o time. A Raposa, desta forma, vai a campo com Glédson, Grafite, Joécio (João Paulo), Tiago Sala e Ronael; Negreti, David Oliveira, Magno e Valdeir; Adalgísio Pitbull (Rodrigão) e Túlio Renan.

    QUEM ESTÁ FORA

    Operário-PR: Os volantes Lucas e Jhonatan, o lateral Danilo Baia e o meia Renatinho, que sofreram lesões musculares, não jogam. Mas destes, apenas Lucas é titular.

    Campinense: O time não tem baixas oficiais. Mas dois de seus jogadores viajaram sem saber ainda se terão condições de jogo por causa de contusões: o zagueiro Joécio e o atacante Rodrigão.

    As informações são do GE/PB

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here