Campinense e Botafogo fazem nesta quarta ‘final antecipada’ repleta de polêmicas

    0

    Exame antidoping, acusação de aliciamento de jogadores, expectativa de mais de 15 mil pessoas no estádio Amigão. Tempero é o que não falta para o Clássico Emoção de logo mais, às 20h30, em Campina Grande. Líder e vice-líder, Campinense e Botafogo-PB se enfrentam pela terceira rodada do quadrangular final do Campeonato Paraibano 2015.

    Com seis pontos em dois jogos, a Raposa pode abrir sete de diferença em relação ao Belo, o que significaria uma grande passo para as pretensões rubro-negras de conquistar o título no ano de seu centenário.

    O discurso do técnico Francisco Diá é de cautela. O treinador, como de costume, fechou o último treino ontem, no local da peleja, e nas entrevistas que antecederam o clássico fez questão de jogar o favoritismo para o Botafogo-PB.

    Na noite de ontem, o clima esquentou de vez depois que o presidente raposeiro, William Simões, acusou o diretor executivo de futebol do Belo, Jurandir Júnior, de tentar aliciar um jogador rubro-negro.

    Na manhã desta quarta-feira, através das redes sociais, o diretor de Comunicação e Marketing do Campinense, Tiago Melo, revelou que a ligação do dirigente botafoguense teria sido feita para o atacante Reginaldo Júnior, titular da Raposa.

    Dentro de campo, apesar da informação de que os atacantes Reginaldo Júnior, Nando e Túlio Renan se machucaram na segunda-feira, Diá deve manter o mesmo time que venceu Treze e Auto Esporte. A única mudança pode ser a saída de Felipe Alves e a entrada de Nando.

    Botafogo-PB

    Sem vencer há quatro jogos, ou desde o dia 8 de maio, quando bateu o CSP pela última rodada da fase classificatória do estadual, o Botafogo-PB de Roberto Fonseca busca a primeira vitória do novo treinador.

    Em situação delicada, com dois empates no quadrangular decisivo, o Belo visita o Campinense para tentar vencer e acirrar a disputa pelo título.

    Os desfalques do time pessoense são o goleiro Genivaldo, o volante Hércules e o meia Samuel, todos lesionados.

    Em contrapartida, o armador Doda e o centroavante Luiz Carlos voltam a ficar à disposição da comissão técnica.

    Fonseca, que também fechou o último treino para a imprensa, deve manter o esquema com três volantes.

    Arbitragem

    O pessoense Roberto Lima (FPF), de 51 anos, é o dono do apito para Campinense x Botafogo-PB. Ele terá as assistências de Broney Machado (CBF/João Pessoa) e Felipe Messias (FPF/João Pessoa). Jefferson Nolete (FPF/Campina Grande) fica como quarto árbitro.

    Prováveis escalações

    Campinense: Glédson, Osvaldir, Joécio, Juliano, Jefferson Recife; Negreti, Leandro Santos, Neto , Luiz Fernando; Nando (Felipe Alves), Reginaldo Júnior. Técnico: Francisco Diá.

    Botafogo-PB: Edson, Gustavo, Walter, André Lima, Alex Cazumba; Zaquel, Guto, Nata, Doda; João Paulo, Rafael Oliveira. Técnico: Roberto Fonseca.

    As informações são do blog Voz da Torcida.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here