Câmara de João Pessoa confirma aumento de 5% para os servidores

0

Dando sequência à política de valorização do servidor, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) anunciou, na tarde de ontem (21), em diálogo com uma comissão formada por servidores do parlamento, o aumento de 5% nos salários de ativos, inativos e pensionistas. O impacto na folha do Legislativo pessoense é de mais de meio milhão de reais.

Para o presidente da CMJP, Marcos Vinícius (PSDB), a política salarial é apenas parte de um plano de incentivo à produtividade dos servidores da Casa, que passa por melhorias constantes nas condições de trabalho e incentivo à capacitação dos servidores.

“Esta medida é fruto do diálogo permanente que buscamos manter com os funcionários da Casa”, afirma o presidente Marcos Vinícius, que completou: “Assim que assumi a presidência da Mesa Diretora, solicitei da nossa equipe um estudo para que pudéssemos chegar a um percentual satisfatório para a categoria, e que estivesse ao alcance do orçamento da Câmara. Felizmente, chegamos a este índice, que inclusive supera a inflação no período”.

A servidora da Casa Napoleão Laureano Sônia Novaes ressalta que as reivindicações dos servidores foram prontamente atendidas pelo presidente. “Estamos vendo com bons olhos esta gestão, que vem implementando uma política de valorização e diálogo com os servidores. E, para nossa surpresa, quando chegamos com as reivindicações, já existia um estudo prévio para o percentual do aumento”, comentou. Sobre o diálogo da Mesa Diretora com a categoria, Sônia admitiu um grande avanço na nova gestão. “Nem sempre foi fácil (o atendimento das reivindicações). Geralmente era com muito esforço”, desabafou.

O presidente lembrou, ainda, que este reajuste só foi possível devido a uma política de austeridade na gestão dos recursos provenientes do duodécimo. Dando sequência à política de valorização do servidor, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) anunciou, na tarde de ontem (21), em diálogo com uma comissão formada por servidores do parlamento, o aumento de 5% nos salários de ativos, inativos e pensionistas. O impacto na folha do Legislativo pessoense é de mais de meio milhão de reais.

Para o presidente da CMJP, Marcos Vinícius (PSDB), a política salarial é apenas parte de um plano de incentivo à produtividade dos servidores da Casa, que passa por melhorias constantes nas condições de trabalho e incentivo à capacitação dos servidores.

“Esta medida é fruto do diálogo permanente que buscamos manter com os funcionários da Casa”, afirma o presidente Marcos Vinícius, que completou: “Assim que assumi a presidência da Mesa Diretora, solicitei da nossa equipe um estudo para que pudéssemos chegar a um percentual satisfatório para a categoria, e que estivesse ao alcance do orçamento da Câmara. Felizmente, chegamos a este índice, que inclusive supera a inflação no período”.

A servidora da Casa Napoleão Laureano Sônia Novaes ressalta que as reivindicações dos servidores foram prontamente atendidas pelo presidente. “Estamos vendo com bons olhos esta gestão, que vem implementando uma política de valorização e diálogo com os servidores. E, para nossa surpresa, quando chegamos com as reivindicações, já existia um estudo prévio para o percentual do aumento”, comentou. Sobre o diálogo da Mesa Diretora com a categoria, Sônia admitiu um grande avanço na nova gestão. “Nem sempre foi fácil (o atendimento das reivindicações). Geralmente era com muito esforço”, desabafou.

O presidente lembrou, ainda, que este reajuste só foi possível devido a uma política de austeridade na gestão dos recursos provenientes do duodécimo. “Vale registrar, ainda, que neste momento, em todo País, Câmaras enfrentam dificuldade para manter o pagamento dos servidores em dia, e não são raros os casos de folhas atrasadas. Felizmente, estamos mantendo os pagamentos dentro do mês trabalhado”, reiterou Marcos Vinícius.

Participaram da reunião os demais membros da Mesa Diretora: Lucas de Brito (PSL), 1º vice-presidente; João dos Santos (PR), na 2ª Vice-Presidente; Raíssa Lacerda (PSDB), 1ª Secretária; Dinho (PMN), 2º Secretário e Eduardo Carneiro (PRTB), 3º secretário.

Além dos parlamentares, estiveram presentes o diretor-geral Carlos Santos; o procurador Antônio Paulo Rolim; o diretor Legislativo, Rodrigo Gondim; a diretora do Apoio Legislativo, Janete Augusto de Almeida; o diretor Financeiro, Rodrigo Harlan; a diretora do Núcleo de Atas, Sylvia Amorim; o diretor da Escola Legislativa, Paulo Eduardo; a chefe do Setor de Apoio às Comissões, Sônia Novais; o revisor final da Secretária Legislativa, Marinésio Gonçalves; e o consultor de Finanças e Planejamento, Willemberg Harley.

Os servidores aproveitaram a reunião para solicitar, ainda, a elaboração de um plano de incentivo a aposentadoria e estudos referentes a uma reforma administrativa.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here