BRT: Afinal de contas, quem está mentindo para JP?

0

A revelação feita com exclusividade pelo Paraíba Já de que João Pessoa perdeu quase R$ 200 milhões para implantar corredores de BRT na cidade ainda deve dar muito o que falar. Desde o primeiro momento em que o tema ganhou os holofotes da mídia, as explicações dadas estão desencontradas.

Primeiro, o secretário Carlos Batinga (Semob) alegou que os recursos subtraídos pelo Ministério das Cidades não se destinavam à implantação do BRT em João Pessoa. Depois disse que o projeto não saiu do papel por falta de dinheiro do Governo Federal. Contudo, reconheceu que a Prefeitura não concluiu o projeto para implantar o sistema de ônibus de alta capacidade e velocidade na cidade.

Horas depois, o prefeito Cartaxo desmentiu publicamente Batinga, ao jurar de pé junto que o projeto foi entregue pela Prefeitura ao Governo Federal. Ainda aproveitou para culpar a presidente impichada Dilma Rousseff pelo fato da obra não ter saído do papel.

Os argumentos de Batinga e Cartaxo, porém, caíram por terra na tarde desta quarta-feira (11). Em entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoa, o secretário Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, José Roberto Generoso, negou a ausência de dinheiro, e afirmou que os recursos foram cancelados, de fato, devido a inconclusão de projeto. Ou seja, de uma lapada só, desmentiu as versões da Prefeitura.

Enquanto o BRT não sai do papel, a população de João Pessoa quer saber quem está mentido: Batinga, Cartaxo ou Generoso?

Rápidas & Diretas

– O senador Raimundo Lira (PMDB) mostrou prestígio ao reunir parcela significativa da imprensa de João Pessoa e de Campina Grande durante almoço na Capital.

– Em conversas informais com os jornalistas durante o almoço, Lira deixou claro que está disposto a peitar o senador José Maranhão dentro do PMDB paraibano.

– A propósito de Lira, está bem encaminhada sua ascensão à liderança da bancada do PMDB no Senado. A escolha acontecerá nos primeiros dias de fevereiro.

– Como o Blog havia antecipado, o deputado Buba Germano (PSB) está deixando a Assembleia Legislativa para assumir a Secretaria Estadual de Articulação Municipal.

– Pelo andar da carruagem, o prefeito Luciano Cartaxo não terá vida fácil com a nova bancada de oposição na Câmara de Vereadores da Capital.

– Comandada pelo vereador Bruno Farias (PPS), a minoritária bancada de oposição está se organizando para ‘pegar no pé’ de Cartaxo, sobretudo nos pontos mais vulneráveis da gestão.

– Servidores da PMJP denunciaram ao Blog que desde que foi nomeada pelo prefeito Luciano Cartaxo, uma secretária executiva não aparece no local de trabalho.

– Conforme as denúncias, a secretária é esposa de um deputado federal. O detalhe é que a nomeação da dita cuja feita por Cartaxo ocorreu há cinco meses.

– O Blog está apurando as informações e, a qualquer momento, pode revelar o nome da dita cuja na esperança de que o prefeito chame o feito à ordem.

A pergunta que não quer calar…

Entre os senadores Raimundo Lira e José Maranhão, quem tem mais bala na agulha hoje junto à cúpula nacional do PMDB?

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here