Botafogo-PB vence Atlético de Cajazeiras com gol aos 52 do segundo tempo

0
Vivendo má fase dentro de campo e bastante criticado por sua torcida, o Botafogo-PB entrou em campo pela 11ª rodada do Campeonato Paraibano de 2017 para enfrentar o Atlético de Cajazeiras no estádio Almeidão, em João Pessoa. E com um gol de Rafael Oliveira, aos 52 do segundo tempo, o Belo consegue um respiro na crise que vive, e com a vitória por 2 a 1 e se mantém na liderança isolada da competição.
O início de jogo teve uma boa intensidade para o lado dos donos da casa, que chegavam em bom volume no ataque, principalmente com Rafael Oliveira, que dava muito trabalho para os defensores cajazeirenses. As chances de gol, porém, não eram claras, apesar da superioridade técnica inicial.
Mas após a pressão inicial, o Trovão Azul passou a se organizar e incomodar a defensiva botafoguense. E aos 24 do primeiro tempo o que mais temia o torcedor do Belo aconteceu. Em seu primeiro ataque, o lateral Peu fez boa jogada pela direita, invadiu a área e ao chegar na linha de fundo tocou para o meio, onde Mosquito apareceu na pequena área para só encostar de pé direito e abrir o placar no Almeidão.
E parecia um pesadelo para o torcedor do Belo. Dois minutos depois, Roger Junio cometeu pênalti em Rato. Na cobrança, Alef mandou no canto esquerdo de Michel Alves, que caiu certo e espalmou, fazendo a defesa e evitando o pior.
Sem conseguir criar, foi em uma bola parada que o Botafogo-PB conseguiu reagir. Aos 38 minutos, Roger Junio cobrou falta da direita e Wanderson subiu mais que todo mundo para desviar de cabeça e empatar o jogo.
O time do Botafogo-PB seguia bastante desorganizado e no segundo tempo o panorama não mudou. Apesar do Atlético praticamente não atacar mais, o Belo não oferecia perigo pois não tinha qualidade para criar jogadas. A pobreza criativa irritou os torcedores, que passaram a xingar o meia Marcinho, que anda devendo, a cada vez que o camisa 10 pegava na bola, e principalmente no momento em que ele foi substituído.
Apenas aos 34 minutos uma boa chance da virada do Belo. Roger Junio cobrou escanteio da direita e Bruno Maia apareceu no segundo pau para escorar de pé esquerdo. A bola cruzou a pequena área e a defesa atleticana resvalou a bola, que saiu para escanteio.
Mas foi aos 47 que a chance mais clara apareceu. Gustavo desceu bem pela direita e tocou na medida para Danillo Galvão, que estava livre dentro da grande área e só tinha o trabalho de mandar para o gol, mas ele tocou fraquinho na bola e o goleiro Gerson caiu para fazer a defesa no meio do gol.
A emoção estava toda reservada para o fim do jogo. O time cajazeirense fez muita cera durante o segundo tempo e Pablo Alves assinalou 7 minutos de acréscimos. O Belo fazia uma blitz na área azul, e aos 52 minutos, no último lance do jogo, depois de um bate rebate, a bola sobrou para o artilheiro Rafael Oliveira, que da marca do pênalti encheu o pé direito e estufou a rede para virar o jogo e garantir a vitória.
Ainda na liderança do Paraibano, com 25 pontos, o Botafogo-PB volta a campo na quarta-feira (08), mais uma vez no Almeidão, onde receberá o Sousa. Já o Atlético de Cajazeiras, agora fora do G4, na quinta colocação, com 15 pontos, enfrenta o Campinense no Almeidão no mesmo dia.
Ficha técnica
Botafogo-PB x Atlético de Cajazeiras
Campeonato Paraibano 2017 (11ª rodada)
Estádio: Almeidão
Arbitragem: Pablo Alves; Broney Machado, Tarcísio José
Gols: Wanderson (B); Mosquito (A)
Cartões amarelos: Roger Junio, Fernandes, Djavan (B); Romerito, Rato, Márcio, Douglas Vargas, Juninho, Gerson (A)
Botafogo-PB: Michel Alves, Lito (Gustavo), Plínio, Bruno Maia, Roger Junio (Danillo Galvão); Djavan, Sapé, Fernandes, Marcinho (Marquinhos); Wanderson, Rafael Oliveira. Técnico: Itamar Schulle.
Atlético de Cajazeiras: Gerson, Peu, Saulo, Márcio (Juninho), Alisson; Luiz Gustavo, Charles Wagner Romerito (Douglas Vargas), Rato; Alef (Gelsinho), Mosquito. Técnico: Ederson Araújo.
Do Voz da Torcida

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here