Presidente do Belo apoia Paraibano mais curto, mas pede clássicos nos domingos

Um dia após o vazamento de um vídeo, nas redes sociais, em que o vice-presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Nosman Barreiro, articula com um suposto chefe de torcida organizada do Botafogo-PB um protesto contra o presidente da FPF, Amadeu Rodrigues, e também contra o próprio clube, o Belo decidiu se manifestar. Também através das redes sociais, o Alvinegro emitiu uma nota de apoio a Amadeu.

No comunicado, assinado pelo presidente do Botafogo-PB, Zezinho Botafogo, o clube pediu uma maior união entre as equipes paraibanas contra a suposta represália de Nosman Barreiro e da organizada do Belo contra Amadeu Rodrigues.

Tudo começou na manhã dessa terça-feira. Um vídeo de 25 minutos mostra uma negociação entre Nosman Barreiro e o suposto membro da organizada botafoguense. No caso, o dirigente supostamente negocia uma ajuda para a torcida organizada viajar para um jogo do Botafogo-PB na Série C deste ano. Em troca, esses torcedores fariam um protesto (não se sabe se na FPF) contra o presidente Amadeu Rodrigues. O Belo também seria alvo do protesto; inclusive o nome do vice-presidente de futebol do clube, Breno Morais, foi citado.

Principal alvo do vídeo, Amadeu Rodrigues se manifestou ainda na terça-feira e prometeu levar o caso para o Conselho de Ética da CBF.

Já Nosman Barreiro, ao se manifestar, não negou a veracidade do vídeo, mas afirmou que a gravação foi editada e ele acabou sendo vítima de armação. Além disso, o vice-presidente da FPF garantiu que vai processar os autores das filmagens e também Amadeu Rodrigues. O dirigente, inclusive, acusou Amadeu de ser o mandante da armação. Fonte: G1.

Botafogo-PB publica nota de apoio a Amadeu Rodrigues após vídeo polêmico

Vídeo vazado mostra Nosman Barreiro articulando protesto contra Belo e FPF

Comente

Antares

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here