Belo esconde o jogo, e Ailton e Marcos Antônio seguem fora do time

0

O Botafogo-PB está disposto a usar todas as armas que puder para chegar o melhor preparado possível para o clássico desta quarta-feira, contra o Campinense, no Amigão. A comissão técnica alvinegra não deu folga para o elenco neste Carnaval e, na tarde desta terça-feira, treinou com portões fechados no Almeidão, sem permitir que a imprensa fizesse qualquer registro da atividade comandada pelo técnico Itamar Schülle. A intenção do treinador é diminuir ao máximo as chances de a Raposa ter indícios de como o time alvinegro vai atuar amanhã, na partida válida pela quarta rodada do Campeonato Paraibano. Mas pelo menos uma coisa é certa: o volante Marcos Antônio e o meia Ailton seguem fora do time, ainda retomando o melhor condicionamento físico.

Essa já não é a primeira vez que Schülle decide fechar o treino à imprensa. Mas, nas outras vezes em que isso aconteceu, os primeiros minutos eram abertos. Os movimentos iniciais das atividades – alongamentos, aquecimentos e até trabalhos com bola – podiam ser registrados. Dessa vez, nem isso. Desde o primeiro minuto do trabalho do time botafoguense no Almeidão, tudo foi segredo. E os 11 titulares com os quais o Belo vai entrar em campo amanhã seguem sendo um mistério.

Pelo menos se sabe que parte do treino de hoje envolveria novamente o ensaio de jogadas em bola parada. Esse tipo de treinamento já havia sido feito nessa segunda-feira e vem se tornando uma tônica do trabalho de Schülle à frente do Botafogo-PB. Em cobranças de escanteio ou faltas próximas à área adversária, o técnico alvinegro tem tentado dar um padrão ao time em jogadas ensaiadas. A pretensão é que isso, cada vez mais, se torne uma arma nas partidas. Como aconteceu na vitória sobre o Santa Cruz-PB, quando o primeiro gol saiu após Ailton cobrar escanteio curto, passando a bola para Jefferson Recife, que cruzou para Magno Alves completar de cabeça e abrir o placar, que acabou em 3 a 0.

Outra informação confirmada, apesar dos portões fechados no Almeidão, é que Marcos Antônio e Ailton seguem vetados e não viajam para Campina Grande para enfrentar a Raposa. Havia a expectativa de que pelo menos Ailton pudesse ser relacionado, mas o fato é que os dois vão permanecer em João Pessoa, aprimorando a parte física. Marcos Antônio sofreu uma contratura muscular na coxa esquerda há uma semana, justamente no jogo contra o Santa-PB, mas os exames descartaram qualquer lesão e o jogador precisou apenas tratar o desgaste muscular. Já Ailton, que vinha sofrendo com problemas no joelho esquerdo, chegou a perder alguns jogos da pré-temporada e, posteriormente, foi poupado no segundo tempo da partida contra o Santa Cruz-PB e, depois – ao lado de Marcos Antônio -, sequer foi relacionado para enfrentar o Sousa no último sábado.

E foi, portanto, nesse clima de mistério, que o Botafogo-PB encerrou a sua preparação para enfrentar o Campinense no primeiro clássico deste Campeonato Paraibano. Belo e Raposa – líderes dos grupos B e A respectivamente – se enfrentam às 20h30 desta quarta-feira, no Amigão, pela quarta rodada do estadual. A delegação alvinegra pega a estrada rumo a Campina Grande no fim da tarde de amanhã. E vale lembrar que esse sigilo todo quanto às possibilidades táticas do time em campo serve também para esconder o jogo para a estreia do time na Copa do Nordeste, marcada para o próximo domingo, contra o Sport, no Almeidão. As informações são do Globo Esporte PB.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here