Bancos garantem abastecer caixas eletrônicos durante período de greve

    0

    Os representantes dos bancos que atuam em João Pessoa se comprometeram em abastecer os caixas eletrônicos sempre que necessário para que não falte dinheiro, assim como disponibilizar envelopes de depósitos, em mesa de diálogo ocorrida nesta terça-feira, (30), com a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP).

    Em reunião na segunda-feira (29) entre o Procon-JP e o Sindicato dos Bancários da Paraíba, ficou decidido que o abastecimento do autoatendimento será mantido, além da segurança das agências e os serviços prioritários a gestantes e idosos.

    De acordo com Ricardo Holanda, secretário em exercício do Procon-JP, na mesa com os representantes do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Santander, Itau/Unibanco, HSBC e Bradesco, ficou acordado que as pessoas que não conseguirem realizar os pagamentos por problemas de limites, por exemplo, podem procurar os gerentes das agências até 72 horas após o fim da greve, que as multas e juros não sejam cobrados. “Quanto a problemas com o cartão ou senha, o consumidor também deve acionar o gerente da instituição financeira já durante a greve”, alertou secretário.

    No que se refere às reclamações por falta de dinheiro nos caixas e envelopes de depósito, os representantes dos bancos consideram que a tendência é que os serviços entrem na normalidade e que houve desabastecimento na segunda-feira devido aos pagamentos antecipados das folhas do Estado e Prefeitura e a corrida natural dos clientes aos bancos nos dias que antecedem a uma greve.

    “Com a garantia por parte dos bancos e funcionários do abastecimentos dos caixas eletrônicos e envelopes de depósitos, não deve haver problemas na prestação desses serviços”, disse Ricardo Holanda, adiantando que as pessoas não precisam pegar vários envelopes de depósitos a mais do que vão necessitar porque o abastecimento será feito diariamente e isso pode prejudicar os outros clientes.

    O secretário informa, ainda, que durante o período de greve, o consumidor deve procurar meios alternativos para realizar os pagamentos como as casas lotéricas e internet e caixas eletrônicos. “Se por algum motivo alheio à sua vontade não conseguir efetuar seus pagamentos, o consumidor também pode entrar em contato com o Procon-JP através do 0800 0832015, para ver que providências podem ser tomadas”.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: redacao@paraibaja.com.br