Paraibanos na Câmara votam pelo ajuste fiscal; saiba como votou cada deputado

    0

    Oito dos doze deputados da bancada paraibana na Câmara dos Deputados votaram a favor da aprovação do ajuste fiscal proposto pelo Governo Federal, em sessão na noite de ontem (6). No cômputo geral, por um placar de 252 votos a favor contra 227, o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória 665/14, que dificulta a obtenção do seguro-desemprego, do abono salarial e do seguro-defeso.

    O texto aprovado é o relatório do senador Paulo Rocha (PT-PA). De acordo com a proposta, o trabalhador terá direito ao seguro-desemprego se tiver trabalhado por pelo menos 12 meses ininterruptos nos 18 meses anteriores à demissão. Antes, o trabalhador precisava de apenas seis meses.

    Os paraibanos da base governista votaram em massa em favor da proposta, com exceção do deputado Damião Feliciano (PDT), que apesar de ter seu partido apoiando a presidenta Dilma, votou contra a proposta.

     

    Votaram sim pela proposta

    Hugo Motta (PMDB)

    Manoel Junior (PMDB)

    Veneziano Vital do Rêgo (PMDB)

    Aguinaldo Ribeiro (PP)

    Wellington Roberto (PR)

    Rômulo Gouveia (PSD)

    Luiz Couto (PT)

    Wilson Filho (PTB)

     

    Votaram ‘não’ pela proposta

    Pedro Cunha Lima (PSDB)

    Efraim Filho (DEM)

    Benjamin Maranhão (SD)

    Damião Feliciano (PDT)

     

    *com informações da Carta Capital

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here