Bancada de Cartaxo na CMJP ataca gestão de segurança pública e pede retorno da Manzuá

    2

    A bancada de situação na Câmara de João Pessoa resolveu hoje direcionar suas críticas para a gestão da segurança pública. O vereador Edson Cruz (PP), em seu discurso na manhã desta terça-feira (13), anunciou que vai mandar um requerimento para o governador Ricardo Coutinho (PSB) para que “se feche as fronteiras da Paraíba”, efetividade com a Patrulha Escolar e o retorno com a Operação Manzuá.

    O vereador afirmou que essa operação é necessária para que “restabeleça” a segurança no Estado. “Peço que o governador retorne com a Manzuá no Cariri paraibano, para saber quem entra e quem sai. Precisamos que se chame os concursados e que se compre armamento e equipamento de ponta para que se proteja o policial. E também, o que é que custa por 200 motos para se fazer a Patrulha Escolar em João Pessoa? Então, governador, eu votei no senhor, e acreditei, mas precisamos que o mesmo trato que é dado na infraestrutura, seja dado na segurança “, questionou.

    Já o vereador Sérgio da Sac (SD) pediu para que tivesse mais efetividade na Patrulha Escolar e contratação de concursados. “Nós sabemos que se aposenta em torno de 500 policiais, por isso que é necessário”, disse.

    Já o vereador Bira (PSD) trouxe ao debate números do Mapa da Violência e falou que era pertinente a Casa fazer cobranças ao governador. “A Paraíba é quinto menor investimento em inteligência na Polícia Civil. A gente sabe que isso é fundamental para desbaratar uma quadrilha, por exemplo. Mas, infelizmente, vivemos essa realidade que aqui está”, declarou.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here