Auto e CSP empatam e tabu do Tigre sobre o Macaco Autino é ampliado

0

Auto Esporte e CSP se enfrentaram na tarde deste domingo, no Almeidão, pela sétima rodada do Campeonato Paraibano. E ficaram no empate: 1 a 1. O resultado jogou o Macaco Autino para a lanterna do Grupo A e aumentou para quatro jogos seguidos do Tigre sem vitórias. O empate também ampliou para nove jogos a série invicta do Alviceleste contra o Alvirrubro; agora são nove jogos, com seis vitórias e três empates.

O Auto Esporte foi ultrapassado pelo Paraíba – que venceu o Atlético-PB – e agora é o último colocado do Grupo A, com oito pontos. Já o Tigre, com nove, segue na terceira colocação do Grupo B, ainda na zona de classificação para a próxima fase.

O CSP volta a campo no próximo domingo, quando vai a Cajazeiras enfrentar o Paraíba no Perpetão, em jogo marcado para as 16h. Já o Auto Esporte volta a jogar apenas na segunda-feira, no Almeidão, contra o Treze; a partida está marcada para as 20h30.

Primeiro tempo

O jogo começou quente no Almeidão. Logo aos dois minutos, Henrique recebeu de Hytalo e chutou colocado, fazendo a bola tirar tinta da trave do goleiro Enderson e quase abrindo o placar para o CSP. Logo depois, o Auto respondeu com David Queiroz, que cabeceou com estilo e forçou Wallace a fazer grande defesa. O goleiro do Tigre, aliás, ainda pesou novamente o zagueiro alvirrubro em outra finalização de cabeça.

Mas quem se saiu melhor na primeira etapa foi mesmo o Tigre. Aos 24 minutos, Igor – que já vinha insistindo em bolas paradas – cobrou uma falta direto. A bola ainda desviou na barreira, matou o goleiro Enderson e foi morrer no fundo das redes. O técnico Índio Alagoano resolveu mexer no time ainda antes do intervalo, mas nada mudou: nem em campo, nem no placar.

Segundo tempo

Na segunda etapa, o Auto foi mais ousado. Foi para cima. Tentou pressionar o CSP. Não chegava a criar boas chances de gol, mas conseguiu o empate com Rafael Speda. Aos 25 minutos, após cobrança de falta cruzada na área, David Queiroz cabeceou e acertou a trave de Wallace. Na volta, a bola encontrou Rafael Speda, que completou para as redes e deixou tudo igual no placar.

Daí para a frente, os dois times alternaram subidas ao ataque, mas com o Auto sendo sempre mais incisivo e chegando mais perto de desempatar o jogo. Ainda assim, ora parando nas zagas adversárias, ora nos goleiros, ora chutando para fora, Auto e CSP não marcaram mais gols e o resultado de 1 a 1 se manteve até o apito final do árbitro. As informações são do Globo Esporte PB.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here