Atleta quebra perna, faz apelo dramático nas redes sociais e denuncia caos no Trauminha

0

Atleta quebra perna, faz apelo dramático nas redes sociais e denuncia caos no TrauminhaA crise instalada no Trauminha de Mangabeira parece não ter fim. A semana começou com uma confusão envolvendo um médico e um paciente, que só acabou com a chegada da Polícia Militar. Na quarta-feira (6), o Conselho Regional de Medicina (CRM), após divulgar um relatório sobre a situação caótica da unidade, estipulou, sob ameaça de interdição, um prazo de 30 dias para a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) sanar os problemas constatados durante a inspeção.

Nesta quinta-feira (7), um paciente do Trauminha utilizou as redes sociais para fazer um apelo dramático e ‘arranhar’, ainda mais, a imagem já desgastada do hospital administrado pela PMJP. “Peço para vocês que tiverem conhecimento que me ajudem, pois sou um cara humilde e não tenho condições de pagar plano de saúde. Estou sofrendo muito, pois nem maca tem para eu ficar. Estou em uma cadeira, mas louvo a Deus por tudo.  Deus sabe de todas as coisas… Isso existe não, isso é desumano. Só via isso pela PT e agora estou passando”, desabafou o atleta Paulo Roberto Soares (Paulinho) em um grupo fechado no Whatsapp.

Leia também:

Ouça: CRM ameaça interditar Trauminha se a PMJP não resolver problemas em 30 dias

Vídeo: Diretor do CRM diz que sobram baratas e faltam medicamentos no Trauminha

Vídeo: PMJP descumpre decisão judicial e MP fixa prazo para Trauminha realizar cirurgias

Vídeo: Pacientes se revoltam e PM é acionada para conter tumulto no Trauminha

Depois do desabafo, a Liga Paraibana de Peladas, por intermédio de um de seus filiados, expôs o drama do paciente através de uma postagem no Instagram. “É com muita tristeza e indignação, que a Liga Paraibana de Peladas vem falar sobre essa lamentável tragédia. É realmente uma tragédia, não podemos usar outro nome para esse tipo de coisa… O atleta Paulo Roberto Soares, em um lance que o mesmo fez falta, se machucou, de forma grave, quebrou a perna. Foi ao Trauminha e acreditem, nem maca tinha para o mesmo, que ficou em uma cadeira até às 11h. Com certeza a pior noite de sua vida, um pesadelo, e a resposta final foi: ‘não temos condições de fazer a cirurgia que você necessita, volte daqui a 50 dias. E o médico só libertou o atleta de 11h, após nove horas de espera por um atendimento, tendo se negado a dar o raio X para o mesmo”, relatou.

Leia abaixo a postagem completa feita pela Liga Paraibana de Pelada:

Atleta quebra perna, faz apelo dramático nas redes sociais e denuncia caos no Trauminha

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here