Atividades marcam Dia Internacional de Luta Contra a Homofobia em JP

    0

    A Coordenadoria de Promoção à Cidadania LGBT estará promovendo, neste sábado (16), um acampamento, em Gramame, a fim de oferecer, ao público inserido na diversidade de gênero, oficinas, atividades lúdicas e palestras, havendo como tema central a homofobia. A atividade se repetirá no domingo (17) e conta com o apoio de outros órgãos da Prefeitura Municipal de João Pessoa, como a Secretaria de Saúde e movimentos sociais, a exemplo do Movimento do Espírito Lilás (MEL), Maria Quitéria e Associação dos Travestis da Paraíba (Astrapa)

    A atividade faz parte das ações alusivas ao Dia Internacional de Luta Contra a Homofobia, cuja data será no próximo 17 de maio. Nesta sexta-feira (15) uma tenda foi armada no Ponto de Cem Reis, oferecendo para a população atividades contra o tabagismo, verificação arterial, distribuição de preservativos, aconselhamento psicológico, inserção de travestis e transexuais no mercado de trabalho através de cadastramento no Sine- municipal, entre outros serviços.

    Roberto Maia, coordenador de Promoção à Cidadania LGBT da Prefeitura Municipal de João Pessoa, explicou que as ações se estenderão até a quinta-feira (28). Nesta data haverá um seminário no Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Campus João Pessoa. O evento vai reunir diretores de escolas municipais e estaduais com o objetivo de incluir a temática da diversidade sexual nas unidades de ensino.

    A campanha, que tem como slogan “Ninguém precisa ser LGBT para lutar contra a homofobia” vem recebendo apoio integral da Prefeitura, disse Roberto Maia, informando que o prefeito Luciano Cartaxo enviará à Câmara Municipal de João Pessoa a proposta de criação do Conselho LGBT da Capital. A propositura, caso seja aprovada, será mais um instrumento da sociedade civil para provocar ações que possam dar mais aporte ao público inserido na diversidade de gênero.

    Dia Internacional – O Dia 17 de maio é dedicado à luta pela igualdade dos direitos civis da população LGBT. Esse dia foi escolhido como um marco simbólico porque em 1990 a Organização Mundial de Saúde retirou o homossexualismo da lista de Classificação Internacional de Doenças e Problemas com a Saúde e declarou oficialmente que este não constitui doença, nem distúrbio. Atualmente, utiliza-se o termo homossexualidade como referência à sexualidade.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here