Assista: Cássio diz que não foi cassado por corrupção e que tem moral pra criticar Dilma

    1

    O senador Cássio Cunha Lima (PSDB), líder do PSDB no Senado, não deixou sem respostas as declarações do líder do PT na Câmara Federal, Sibá Machado (PT-AC), que na última semana disse que o tucano não teria moral para pedir novas eleições no Brasil por ter sido cassado pela Justiça Eleitoral.

    Em discurso no Senado, o paraibano garantiu ter moral para pedir a saída da presidente Dilma Rousseff (PT) por ter sofrido um julgamento rigoroso e equivocado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

    “Exatamente por ter sido cassado que tenho moral. Não fui cassado por corrupção, por roubo, por malversação de dinheiro público. O TSE, com todo rigor, entendeu que um programa social que tínhamos no governo do estado similar ao Bolsa Família teria interferido no resultado da eleição e por esta razão teria de perder meu mandato. Não tive contas de campanha rejeitadas. De forma extremamente dura, tem sido a postura do TSE a prefeitos e governadores”, justificou o tucano.

    Durante seu discurso, Cássio Cunha Lima foi vaiado nas ocasiões em que defendeu novas eleições no país. “Respeito as manifestações dos petistas, dos que têm cumplicidade com todo esse esquema de corrupção que o Brasil tem, cada um tem sua escolha. Os que querem ser cúmplices e apoiar tudo isso é um direito democrático e se estão com medo vão para as urnas, vamos passar a limpo esse Brasil. A eleição foi viciada, manipulada, ganha com fraude, com abuso de poder político, de poder econômico”, finalizou o senador.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here