Protesto é nesta manhã: artistas acionam o MPPB para cobrar da Funjope cumprimento de edital

    1

    Os integrantes do Fórum Permanente do Audiovisual de João Pessoa realizarão um protesto em frente a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), nesta quarta-feira (30), a partir das 9h. Eles se mobilizam para cobrar garantias de que os contratos contemplados pelo edital Walfredo Rodrigues de 2014 sejam pagos no dia 20 de outubro.

    Além do protesto, haverá uma caminhada até a Câmara Municipal e João Pessoa (CMJP), onde será entregue um documento que expõe a situação da categoria. No mesmo dia, eles ingressarão com uma ação no Ministério Público da Paraíba, para proteger o direito de receberem os valores do edital.

    O edital ofertou R$ 3,4 milhões, sendo R$ 2 milhões oriundos da Agência Nacional de Cinema (Ancine) e o restante de recursos próprios da Prefeitura de João Pessoa (PMJP). De acordo com Torquato Joel, um dos membros do Fórum, se a PMJP não efetuar os pagamentos, os incentivos da Ancine serão devolvidos.

    “Quem conhece serviço público sabe que é burocrático fazer contratos e ainda não foi feito nenhum. Sabemos que é impossível fazê-los em menos de um mês, por isso nossa preocupação”, relatou.

    O edital contemplou 10 filmes de curta-metragem, três de longa-metragem, um documentário, e três telefilmes. A estimativa é de que 600 empregos diretos e 2 mil indiretos serão gerados com a produção dos projetos. “A gente pode aquecer o comércio, mas infelizmente não há política cultural em João Pessoa”, lamentou.

    A Reportagem tentou, sem sucesso, contato com o presidente da Funjope, Maurício Burity.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here