Apresentadora de TV revela que foi vítima de abuso sexual pelo namorado da mãe

0

A apresentadora Astrid Fontenelle falou sobre situações de violência sexual que sofreu ao longo da vida. O pior deles, segundo contou à revista “Marie Claire”, foi o abuso praticado pelo namorado da mãe, quando tinha cerca de 15 anos de idade.

“Ela foi trabalhar em São Paulo e eu fiquei no Rio morando com ele. Era um cara adorável, gente boa. De repente um dia eu acordo com ele me bulinando. Fiquei paralisada como eu tivesse tomado um choque. Aí me mexi e ele saiu do quarto”, contou.

Astrid destacou que passou a viver com medo, principalmente porque não queria magoar a mãe. “O meu maior medo foi o de destruir o sonho dela. Imagina eu contar! Ela adorava esse cara”, disse.

Segundo a apresentadora, o caso nunca foi revelado. “Me sentia muito culpada por ser adolescente, ter peitinho e ser desejada por quem não deveria. Ela morreu sem saber da verdade”.

Na entrevista, Astrid Fontenelle relatou ainda outros dois casos de abuso que sofreu na adolescência.

O primeiro deles foi aos 13 anos, dentro de um ônibus. “Um dia, enquanto eu estava sentada, um homem colocou o pinto enorme para fora e eu saí correndo de dentro do ônibus, desci até em outro ponto. Um horror!”, relembrou.

O outro caso de violência sexual sofrido por Astrid foi dois anos depois, praticado por um colega que a acompanhava em um grupo de amigos. “Dentro desse grupo, tinha um cara que se destaca, ele era todo bonitão. E um dia me chamou para ir à casa dele. Fui porque ele era gato e eu queria namorá-lo, mas não queria transar com ele. Eu era virgem na época. Nunca mais vou esquecer. Ele morava no primeiro andar. Quando cheguei, esse garoto que era mais velho e mais forte, começou a me pegar por trás, a me forçar”, contou.

Mesmo com o retrospecto de abusos, Astrid Fontenelle garante que não permitiu que as experiências negativas influenciassem sua vida no futuro. “Com a graça e Deus não tive problema com relacionamentos por causa disso. Sou muito resiliente. Consegui dar a volta por cima”, concluiu. As informações são do UOL.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here