Aprenda: Nutricionista dá dica para preparar uma Ceia de Natal light

    0

    Manter a dieta e uma alimentação saudável é um desafio para muitas pessoas durante as festas natalinas. Conforme a nutricionista clínica e pós-graduada em alta gastronomia Priscylla Oliveira Alves, mesmo com a mesa farta da tradicional ceia natalina, é possível evitar os exageros gastronômicos, optando por preparações mais leves e acertando nas escolhas.

    De acordo com  Priscylla, a orientação é investir em alimentos que irão eliminar o excesso de toxinas do organismo e evitar os produtos industrializados, as carnes vermelhas, devido a lenta digestibilidade no turno da noite, os alimentos ricos em carboidratos e lipídios, além do excesso de bebidas alcoólicas, dando preferência a uma taça de vinho ou espumante.

    Para preparar um ceia de Natal menos calórica a nutricionista indicou algumas opções que podem ser incluídas no cardápio em substituição aos alimentos de maior valor calórico. Veja sugestão de cardápio e orientações.

    Cardápio:
    -Salada composta de folhas variadas, frutas e croutons integrais;
    -Salada Tropical ou salpicão light;
    -Chester ou peru temperados ao suco de laranja com cebolas confitadas, pimenta do reino e sal;
    -Farofa de banana ou de biscoito cracker integral com castanhas de caju trituradas;
    -Arroz branco ou integral com brócolis ou amêndoas;
    -Bolo de cenoura, ameixa ou banana com cobertura de chocolate 70% cacau.

    Sugestões:
    Segundo Priscylla Oliveira o ideal é que se inicie a ceia pelas saladas, pois elas promovem a sensação de saciedade e não sobrará muito espaço para as comidas mais gordurosas, tendo cuidado apenas com os molhos que podem ser os vilões devido as calorias. A indicação é temperar com molho de iogurte ou azeite com ervas para aromatizar.

    Outra dica para o jantar de Natal são as carnes magras como o chester e peru, devendo ter o cuidado com os temperos, os industrializados devem ser evitados e deve-se optar pelo suco de frutas, marinados em ervas, sal e pimenta.

    As oleaginosas (amêndoas,  nozes, castanhas, avelãs,  passas, frutas secas) são boas opções de entradas, por serem ricas em proteínas e gorduras boas, tenha atenção apenas nas quantidades.

    Montar uma mesa com frutas ou fazer doces de frutas sem cremes e açúcares é uma boa estratégia para sobremesa,  se não conseguir evitar os doces, a nutricionista indica que se escolha apenas um tipo de sobremesa e se sirva de uma porção pequena. As informações são do G1.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: redacao@paraibaja.com.br

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here