Após vexame nas redes sociais, Romero manda secretário pagar cachê de Genival Lacerda

0

Através de nota, o prefeito Romero Rodrigues lamentou, na manhã desta sexta-feira, 23, a divulgação de um áudio pelo cantor Genival Lacerda, cobrando publicamente o pagamento do cachê por apresentação no Maior São João do Mundo 2016. Reafirmando profundo respeito pelo artista, Romero deixou claro que questões de ordem burocrática involuntárias e a necessidade de se adotar providências no estrito limite da lei, terminaram por impor uma situação desgastante na tramitação e quitação do débito.

Segundo a Secretaria de Finanças, houve determinação do prefeito para que, tão logo se cumpra a tramitação de empenho, nesta sexta-feira, o pagamento seja efetuado, de forma ágil a acobertada pela legalidade. O secretário Joab Pacheco acredita que isso ocorra ainda na tarde de hoje.

De acordo com o prefeito, originalmente, o pagamento do cachê a Genival Lacerda e outros artistas seria feito pela empresa Aliança, de Recife, responsável pela captação de patrocínios para o Maior São João do Mundo. Como a Aliança alegou não ter condições de quitar o pagamento, a Prefeitura tentou encontrar uma forma legal para resolver o problema, já que o contrato não foi firmado com o poder público municipal, havendo portanto sérios riscos em relação à prestação de contas. “E, por mais carinho e respeito que eu tenha a Genival, só autorizo pagamentos dentro da total legalidade processual e respeitando os trâmites básicos”, destacou Romero.

Só nesta quarta-feira, 21, houve a emissão do parecer da PGM favorável ao pagamento do cachê por parte da Prefeitura, que passa a assumir o débito inicialmente de responsabilidade da Aliança. O parecer poderá ser referência também para liquidar outras situações similares.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here