Após reunião com PMJP, trabalhadores da Educação se reúnem para avaliar propostas

0

Os servidores públicos da rede municipal de ensino de João Pessoa se reúnem na tarde desta terça-feira (29), em assembleia geral, para discutir sobre os resultados da reunião que aconteceu na segunda (28) entre a categoria e a representeantes da Prefeitura. Dessa reunião pode se deliberar um indicativo de greve.

De acordo com Daniel de Assis, um dos integrantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de João Pessoa (Sintem-JP), a negociação foi frustrante e desgastante.

“Companheiros, saímos de uma mesa de negociação desgastante e frustrante nesta segunda-feira (28), onde o prefeito Luciano Cartaxo anunciou um aumento de 5,44% a 500 professores para não continuar no descumprimento da Lei de Piso e  anunciou 0% de aumento para os demais Trabalhadores em Educação” publicou ele no seu perfil oficial do facebook.

De acordo com ele, a prefeitura alega a lei de responsabilidade fiscal como argumento para bloquear qualquer tipo de reajuste, não concedendo nem o referente aos índices oficias da inflação acumulada.

“Desde de dezembro de 2015 encaminhamos nossa luta com a categoria, procurando o diálogo, não queimamos etapas, mas infelizmente Cartaxo não tem a educação como prioridade e desrespeita toda  a categoria de Trabalhadores de Educação”, critica Daniel.

Mas informações sobre o resultado da assembleia em instantes.

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here