Após polêmica com torcida do Sport, Almeidão está fechado ao público

0

A polêmica envolvendo as condições do Estádio Almeidão, em João Pessoa – sobre estar apto ou não para receber torcedores -, não acabou nesse fim de semana, quando a torcida do Sport foi barrada do jogo contra o Botafogo-PB, pela Copa do Nordeste. Por determinação da CBF, o principal estádio da capital paraibana pode continuar recebendo jogos, mas, a partir de agora, sem a presença do torcedor. A decisão, no entanto, é válida apenas para competições coordenadas pela entidade máxima do futebol brasileiro: Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

A determinação da CBF se baseia em uma recomendação do Ministério Público da Paraíba, que alega que as obras no entorno do Almeidão podem representar risco ao bom andamento dos eventos no estádio. Assim, segundo documento emitido pelo departamento de competições da CBF, “as partidas programadas para o referido estádio deverão ser realizadas com portões fechados até que, comprovadamente, as condições de segurança, tanto para a torcida mandante quanto para a torcida visitante, sejam sanadas”.

Ainda de acordo com o documento da CBF, “a reabertura dos portões estará condicionada à inspeção do estádio e seu entorno, a ser realizada por membro da Comissão de Inspeção de Estádios da CBF” e não mais pela Comissão Permanente de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios, do Ministério Público da Paraíba, como vinha sendo até agora. O clube mandante está sujeito a punições por parte da Justiça Desportiva, caso descumpra a determinação.

Campinense x Imperatriz vai ser com portões fechados

Os primeiros clubes a sofrerem com a determinação da CBF serão Campinense e Imperatriz, que se enfrentam nesta terça-feira, no Almeidão, pela segunda rodada da Copa do Nordeste.

Punido por conta de objetos atirados ao campo na partida contra o Bahia, pelo Nordestão do ano passado, a Raposa perdeu seu mando de campo e agora tem que jogar a uma distância de pelo menos 100km do seu estádio, o Amigão, em Campina Grande. O clube rubro-negro, então, optou por mandar essa partida contra os maranhenses no Almeidão.

A diretoria do Campinense, no entanto, entende que essa determinação é válida apenas para jogos do Botafogo-PB. O presidente do clube, William Simões, está em João Pessoa para participar de uma reunião com o Ministério Público para tratar do assunto.

Entenda o caso

Tudo começou na última sexta-feira, quando o Ministério Público da Paraíba recomendou o veto à Torcida Jovem do Sport na partida do domingo entre Botafogo-PB e Sport, no Almeidão, na estreia dos dois clubes na Copa do Nordeste. A justificativa para o veto foi baseada em confusões entre a organizada rubro-negra e a Polícia Militar, ocorridas em 2014, também em jogo contra o Belo pelo Nordestão daquele ano.

Em seguida, a CBF alegou ter recebido um documento do MP da Paraíba, a partir do qual optou por determinar torcida única no Almeidão. Mas, a essa altura, os ingressos já estavam à venda e torcedores do Sport já haviam comprado bilhetes. No fim das contas, a Federação Paraibana de Futebol (FPF) acatou a determinação da CBF e os torcedores rubro-negros foram impedidos de entrar no estádio vestidos com uniformes do clube. As informações são do Globo Esporte PB.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here