Após impugnação, Raoni afirma que houve equívoco e vai recorrer ao TSE

0

Após julgamento do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE/PB), que acatou pedido de impugnação do registro de candidatura ao cargo de deputado estadual, o vereador Raoni Mendes (PDT) afirma que vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para reverter a situação. Ele afirma que em 2012 concorreu as eleições com o mesmo processo e que não entende qual o impedimento neste ano. “Em 2012 não ocorreu nada disso. Porque de forma súbita isso aparece? É estranho e equivocado o procedimento para me julgar”, declarou.

O pedido de impugnação da candidatura foi pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), que impugnou a candidatura com base na Lei da Ficha Limpa, por excesso de doação na eleição de 2010. Para estes casos, a Lei prevê a inelegibilidade por 8 anos aos condenados. O relator do processo foi o juiz Tércio Chaves. O voto dele pelo indeferimento da candidatura foi acompanhado pelos juízes Sylvio Porto, Rudival Gama, Eduardo José de Carvalho e João Alves.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here