Após assembleia, professores da Rede Municipal decidem encerrar greve

    0

    Os professores da Rede Municipal de Ensino de João Pessoa decidiram, em assembleia na tarde desta terça-feira (14), encerrar a greve que já durava 30 dias. O fim da paralisação foi uma consequência de duas decisões judiciais impetradas pela Prefeitura da Capital que consideraram o movimento ilegal.

    Apesar do fim da greve, a categoria vai recorrer das decisões judiciais, segundo o assessor jurídico do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de João Pessoa (SintemJP), Valberto Azevedo. “A assessoria jurídica continuará buscando judicialmente o reconhecimento da legalidade do movimento. Só vamos voltar aos trabalhos em obediência e respeito ao tribunal”, declarou.

    No dia 30 de março, a desembargadora Maria das Graças Moraes Guedes notificou a categoria pela primeira vez. Nesta segunda-feira (13), uma nova decisão da mesma magristrada negou o recurso do SintemJP e ainda autorizou que a Prefeitura de João Pessoa cortasse o ponto dos grevistas.

    A principal reinvindicação da categoria é de reajuste salarial de 13,01%. A proposta da Prefeitura de João Pessoa é de um aumento de 3%, sendo que esse percentual pode ser revisado em agosto dependendo do avanço dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here