Anísio lamenta negativa de Couto e sugere ex-secretário de Cartaxo para a disputa pela PMJP

    0

    O deputado estadual Anísio Maia (PT) em entrevista ao Paraíba Já, na tarde desta segunda-feira (18), após a negativa do deputado Luiz Couto, a legenda possuiria outros bons nomes que podem concorrer ao cargo de prefeito de João Pessoa. O petista ainda defendeu uma mudança no partido, a fim de uma unificação partidária na Paraíba.

    Anísio alegou que não permaneceu até o fim da reunião de hoje na sede do partido em João Pessoa, e ficou sabendo apenas pela imprensa de uma possível mudança de nome de candidato petista para a Prefeitura Municipal de João Pessoa.

    “Eu participei de uma reunião, e não pude ficar até o fim, a parte final dela era exatamente a opinião do deputado Luiz Couto, vi na imprensa, mas não tive tempo de ligar para os companheiros para confirmar que ele falou isso”, disse.

    Ele ainda evidenciou que se Luiz Couto não aceitar ser o candidato petista, o PT pode contar com outros nomes para a disputa municipal nas eleições deste ano.

    “Ainda temos três nomes, mesmo que Luiz Couto não queira, temos Fuba (vereador Eduardo Fuba), Rodrigo Soares (ex-deputado estadual ) e Charlinho (presidente estadual petista, Charliton Machado). Eu até acho que pra ser candidato não é obrigado ser uma pessoa que tenha experiência eleitoral não, isso acaba deixando a deixar as eleições nas mãos dos mesmos. Pode ser um nome novo, sem nenhuma participação seria até interessante, representaria uma renovação, uma mudança, tem que acabar esse negócio dos candidatos ser as mesmas pessoas. O nome do Éder (Dantas, ex-secretário de Transparência) é interessante, tem capacidade, tem conhecimento, tem experiência”, comentou.

    O parlamentar ressaltou que mesmo após o rompimento do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) com o PT, petistas fazem parte da gestão municipal, destacando assim que o partido precisa de uma renovação. “Cobro mudanças no PT da Paraíba, precisamos selecionar melhor nossos candidatos, precisamos nos alinhar as novas exigências da sociedade. Precisamos excluir pessoas que não são compatíveis com a política partidária, então cobro isso e quero resposta. Precisamos de pessoas com espírito de coletividade, não adianta encher o partido de pessoas que não servem pra nada, apenas para denegrir a imagem do partido e puxar as mais diversas negociações”, concluiu.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here