Amigo e ex-assessor de Dilma, Frei Betto teme pela renúncia da presidente petista

    0

    Amigo da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, de quem foi assessor especial no início do mandato, Carlos Alberto Libânio Christo, o frei Betto, já admite temer pela renúncia da mandatária, hoje com o recorde de 71% de reprovação no Datafolha.

    “A minha pergunta íntima hoje não é o impeachment […] É se a Dilma, pessoalmente, aguenta três anos pela frente”, afirma ele. “Ou ela dá uma mudança de rota […] ou ela pega a caneta e fala ‘vou pra casa, não dou conta’. Eu tenho esse temor”, completa.

    Embora avalie o período petista como “o melhor da história republicana”, o frei dominicano faz severas críticas ao partido – “trocou um projeto de Brasil por um projeto de poder” – ; e uma distinção especial ao atual mandato de Dilma: “Eu não sei o que de positivo a Dilma fez de janeiro para cá”.

    Frei Betto diz que está esperando até hoje o PT se manifestar sobre a existência ou inexistência do mensalão.

    Com reparos, elogia a Operação Lava Jato, “extremamente positiva”, e diz que se sentiu “indignado” com a notícia de que o ex-ministro José Dirceu faturou R$ 39 milhões ao mesmo tempo em que promovia uma vaquinha para pagar a multa da condenação do mensalão.

    Da Folha

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here