ALPB quer ouvir Aracilba sobre denúncia que envolve a Suplan

    0

    A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Assembleia Legislativa do Estado, tem 11 matérias a serem deliberadas. A sessão desta terça-feira (21) mais uma vez não ocorreu porque só havia três deputados em plenário, Caio Roberto, Vituriano de Abreu e Jandhuy Carneiro, presidente da CCJ. A próxima sessão da CCJ deverá acontecer somente na terça-feira dia 4 de novembro.

    O deputado Jandhuy Carneiro informou que na sessão desta terça-feira (21) estava em pauta a denúncia da ex-secretária de Finanças do Estado, Aracilba Rocha, sobre eventual desvio de recursos públicos na Superintendência do Plano de Desenvolvimento do Estado da Paraíba (Suplan). Os deputados Jandhuy e Caio Roberto apresentaram requerimento convocando Aracilba para se pronunciar em plenário.

    O deputado Anísio Maia (PT), comentou sobre esta investigação sobre desvios de recursos na Suplan e afirmou que “é a favor de qualquer investigação sobre recursos públicos”, mas, destacou que “a Assembleia Legislativa deve fazer esse tipo de investigação em qualquer governo”, porém, deseja que esse fato atual não seja tratada como medida eleitoreira.

    De acordo com Jandhuy Carneiro a Comissão de Orçamento também deve convocar Aracilba Rocha, que está sendo notificada para comparecer à Assembleia Legislativa. O assunto foi tratado nesta manhã na reunião da Comissão de Orçamento presidida pelo deputado Caio Roberto. Jandhuy leu o teor da denúncia feita por Aracilba Rocha nas redes sociais há alguns dias. Foi aprovado pelos 12 deputados presentes o requerimento convidando a ex-secretária das Finanças do Estado. Ficou sugerida data de quarta-feira 29 de outubro a discussão da matéria.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]