ALPB aprovam reajuste de 30% para Poder Judiciário; medida causa impacto de R$ 3 mi

    0

    Os parlamentares da Assembleia Legislativa da Paraíba aprovaram por unanimidade na manhã desta terça-feira (13) o Projeto de Lei nº 524 que prevê o reajuste de 30% nos salários dos comissionados e funções de confiança do Poder Judiciário da Paraíba e ainda o acréscimo de um salário mínimo na remuneração dos servidores celetistas (CLT) que ganham até dois salários mínimos.

    De acordo com o deputado Anísio Maia (PT), o acréscimo de 30% terá o impacto de R$ 3 milhões na folha do pagamento do Poder Judiciário da Paraíba. Anísio defende “que o próprio poder trate de administrar internamente este reajuste” para não interferir no orçamento do Estado.

    Já o deputado Buba Germano (PSB) ressaltou que estão sendo realizadas reuniões entre os poderes para discutir os reajustes e o orçamento previsto. “Evidentemente que isto vai estar na peça orçamentária que estará na casa e tenho certeza que esta cautela, todos os poderes estão tomando até, inclusive a Assembleia Legislativa”, destacou o parlamentar.

    O Projeto de Lei de autoria do Poder Judiciário destaca que as equipes da área econômica do Tribunal de Justiça realizaram estudos que “apontaram a existência de recursos financeiros disponíveis para fazer face às despesas com a atualização da remuneração dos cargos comissionados e das funções de confiança bem como a diminuição das diferenças de remuneração dos raros servidores regidos pela CLT ainda existentes, do quadro do Poder Judiciário do Estado”.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here