Aliados do Governo acusam Cássio de ‘disseminar’ onda de violência em CG

    0

    O senador Cássio Cunha Lima (PSDB), está sendo acusado nesta quinta-feira (14), pelo deputado estadual Anísio Maia, do PT, e o secretário executivo de comunicação do Governo da Paraíba, Célio Alves de está disseminando a suposta onda de violência na Região de Campina Grande.

    Em sua página nas redes sociais, Célio disse que existia uma orquestração para propagar o medo devido a uma semana com mais crimes que outra. Ele ainda afirmou que a paralisação dos serviços de transporte público ocorreu para atender uma recomendação de pessoas ligadas ao senador Cássio Cunha Lima.

    “Quem recomendou aos ônibus que parassem? A prefeitura de Cássio. Quem suspendeu as aulas? UEPB. Alguém duvida das estreitas ligações da cúpula da universidade com Cássio? Quem subiu à tribuna do Senado com mesma boataria que espalham nas ruas e nas redes sociais? Cássio”, destacou o secretário.

    O deputado estadual Anísio Maia foi incisivo na sua declaração, ele não apenas responsabilizou Cássio, mas também o PSDB,

    “Isso é uma tática nacional do PSDB, eles construíram o clima de terror no Brasil, prejudicando a Petrobras e a governabilidade e agora importam essa tática para Paraíba, essa boataria e atormentando o clima de paz, que não é bom pra população, as pessoas mais pobres é que pagam essa instabilidade”, disse.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here