Aliado de Cartaxo diz que vereador cria “factoide” porque não quer entrega da Lagoa

0

 

O vereador Marmuthe Cavalcanti (PSD) condenou os ataques que o vereador Raoni Mendes fez recentemente contra a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), a partir de uma notificação de rotina, de pedido de informações, do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) à Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), sobre recursos destinados à obra do Parque Solon de Lucena (Lagoa).

Segundo Marmuthe, há falta de conhecimento e responsabilidade na ação do oposicionista, que age apenas para criar mais um factoide contra a bem avaliada Gestão Municipal. Ele explica que não poderia haver qualquer tipo de irregularidade na obra citada no pedido do TCE-PB, uma ponte no bairro do Valentina de Figueiredo, simplesmente porque ela não foi sequer realizada.

Marmuthe disse ainda que a Secretaria de Infraestrutura já reuniu toda a documentação para comprovar ao Tribunal que não houve inadequações. Ele lembra que o secretário Cássio Andrade, que recebeu a notificação do TCE-PB, está dentro do prazo estipulado para apresentar a resposta, o que será feito nesta sexta-feira (15).

“O vereador Raoni, na ânsia de tentar criar algum constrangimento para a Gestão, fala de uma obra que sequer foi realizada. Moro no Valentina e posso garantir isso ao vereador, pois a ponte em questão é uma reivindicação do nosso mandato. A obra estava prevista, mas o problema é que o recurso não foi enviado pelo Governo federal. A licitação foi revogada. Não foi dada ordem de serviço, não houve execução e não saiu um único centavo da conta da PMJP. Portanto, não houve qualquer tipo de perda. O vereador só conseguiu constranger a ele próprio”, garantiu Marmuthe.

Ainda de acordo com o integrante da base de apoio ao prefeito Luciano Cartaxo (PSD), a tentativa de utilizar a solicitação do TCE-PB para criar alguma relação com a obra do Parque Sólon de Lucena, é mais uma tentativa desesperada de Raoni, no sentido de tentar prejudicar uma ação histórica para a cidade de João Pessoa, que a população espera há mais de 100 anos.

“Infelizmente, o vereador Raoni tem dado seguidas amostras de que não quer a obra da Lagoa. Antes de querer criar um factoide, ele deveria se informar melhor. Existe um convênio do Ministério das Cidades com a PMJP onde constam diversas obras. Entre elas a ponte do Valentina de Figueiredo e o novo Parque da Lagoa. Algo absolutamente normal, legal, que qualquer pessoa com o mínimo de conhecimento em gestão pública sabe. Parece não ser o caso de Raoni, que desconhece como funciona um convênio e tenta fazer barulho com uma obra inexistente”, disse o vereador do PSD.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here