Aliado de Cartaxo defende que a culpa do caos no Trauminha é da violência urbana

1

A culpa da superlotação do Ortotrauma de Mangabeira (Trauminha) é… a violência urbana. Ao menos é isto que o vereador da bancada de situação do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), Bira Pereira (PSD) defendeu, após intensa discussão na Câmara de João Pessoa (CMJP) sobre o relatório do Conselho Regional de Medicina (CRM-PB), que aponta irregularidades que põe em risco de vida pacientes e torna constrangedora a atividade médica.

“Porque será que o Ortotrauma tem toda essa clientela? Além da questão da regulação que foi repactuada com o Hospital de Trauma do Estado, nós temos a violência urbana. Para onde vocês acham que vão os feridos nos casos de violência que acontece na região metropolitana? Para o Trauminha!”, declarou.

Bira ainda afirmou que há um esforço da gestão do prefeito Luciano Cartaxo para manter o Trauminha aberto, apesar do risco iminente de interdição ética por parte do CRM, o que ocasionaria desautorização do trabalho dos médicos no hospital.

“Apesar de toda a crise da saúde pública, nós temos gestores que fazem com que o hospital continue aberto. o Trauminha está aberto não está somente aberto para as pessoas de João Pessoa não, é para todo o Estado. E aí você me pergunta: o atendimento do Trauminha está sem problema algum? Temos problemas de superlotação, de falta de material, mas estamos dando suporte que vai além da cidade de João Pessoa”, questionou.

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here