Agora é oficial: Cartaxo diz que ida para o PSD é atitude corajosa e é o melhor para João Pessoa

    2

    O prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo acaba de anunciar oficialmente sua desfiliação do Partido dos Trabalhadores (PT) para se filiar ao PSD, que é presidido estadual e municipalmente pelo deputado federal Rômulo Gouveia e a vereadora Raíssa Lacerda, respectivamente.

    Cartaxo alega que sua decisão é motivada pela preservação do desenvolvimento de João Pessoa e que a cidade não poderia ser penalizada pelos escândalos do PT nacionalmente. “Essa filiação acontece num momento em que a Prefeitura de João Pessoa passa por um momento importante e só acontece porque eu não tenho compromisso com um partido, mas com a povo. Compromisso que eu tenho desde o meu primeiro mandato. Nós não queremos deixar que nada, absolutamente nada, possa prejudicar o nosso povo. Claro que há outras razões, e um deles é os escândalos que o PT está envolvido”, justificou.

    “Essa é uma atitude para quem tem coragem. É uma decisão de um prefeito de uma capital com a dimensão que João Pessoa tem que só demonstra a responsabilidade que temos com o povo. Foi uma decisão bem pensada e estou com o coração tranquilo. A surpresa de algumas pessoas é no sentido de nós conseguirmos fazer uma leitura clara do cenário atual “, complementou.

    Ele ainda afirma que a avaliação negativa que o PT tem recebido da população fortaleceu sua decisão e que não poderia deixar seu projeto de governo ser ameaçado por algo que nem ele, nem outro petista paraibano, nunca esteve envolvido.

    “Entendemos que nós não podemos ser penalizados por isso. O que acontece nacionalmente não pode prejudicar a cidade de João Pessoa. Nós não podemos perder tudo isso, por conta de escândalos que não tem nada a ver com a gestão da cidade de João Pessoa. Nós temos a marca da transparência, do trabalho, do diálogo em nossa gestão. Esta é a melhor decisão. Não para o prefeito, nem para o PSD, mas para a cidade”, declarou.

    E ainda aproveitou para deixar recado para o governador Ricardo Coutinho (PSB) e aliados. “Nós não estamos excluindo ninguém do nosso projeto. Apenas dizendo que João Pessoa está acima de qualquer coisa. Nós vamos tratar de eleições no próximo ano, não vamos atropelar o calendário eleitoral”, concluiu.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here