Agora como cartola, Warley traça objetivos bem específicos no Belo: título e acesso

0

Anunciado na última sexta-feira como novo gerente de futebol do Botafogo-PB, o agora ex-atacante Warley tem uma nova missão para 2018. Uma nova missão, mas velhos objetivos. Fora das quatro linhas, trabalhando na montagem do elenco e na condução do futebol do clube, o eterno W9 promete trabalhar para conseguir, como dirigente, as metas que já buscava como jogador. E ele é bem específico no planejamento: quer o bicampeonato estadual, melhores campanhas nas copas do Nordeste e do Brasil e também o acesso à Série B do Brasileiro, que o Belo já busca há quatro anos seguidos.

Jogador botafoguense nas últimas três temporadas, Warley agora pendura as chuteiras e assume a incumbência de ser um dos responsáveis por gerir o futebol do Belo durante 2018. Ele vai trabalhar diretamente com o técnico Leston Júnior e com o diretor executivo Francisco Sales, ambos também anunciados recentemente. E, já projetando a sua primeira temporada como dirigente, o W9 é direto nas metas que quer atingir no próximo ano.

– Queremos um 2018 melhor. Visando o título (do Paraibano), uma melhor participação na Copa do Brasil, na Copa do Nordeste e esse tão sonhado acesso, que é o nosso principal objetivo – cravou Warley.

Os planos de Warley se baseiam no que o Belo conseguiu em 2017, quando, à exceção do título estadual, foi abaixo nas demais competições que disputou: terminou a fase de grupos do Nordestão na lanterna do seu grupo, foi eliminado ainda na primeira fase da Copa do Brasil e, apesar de ter entrado na Série C do Brasileiro com um dos favoritos, penou até o final, só escapando do rebaixamento na última rodada.

Assumindo um novo papel, o W9 quer usar a sua experiência em campo para ajudar o clube a retomar o caminho das conquistas. Dono de três títulos paraibanos vestindo a camisa do Botafogo-PB – 2013, 2014 e 2017 -, o ex-atacante também vestia a camisa alvinegra na maior conquista da história do clube: o título da Série D de 2013. Mas a sua passagem vitoriosa pelo futebol paraibano também inclui os títulos estaduais de 2011, pelo Treze, e de 2012, pelo Campinense.

Agora como cartola, Warley traça objetivos bem específicos no Belo: título e acesso

Francisco Sales (novo diretor executivo, Zezinho Botafogo (presidente) e Warley (novo gerente de futebol) (Foto: Lucas Barros/TV Cabo Branco)

É esse vasto currículo no futebol da Paraíba – e ainda passagens por grandes clubes, como São Paulo, Grêmio e também pela seleção brasileira – que respalda Warley agora na gerência de futebol do Belo. O próprio presidente do clube, Zezinho Botafogo, usa a experiência de Warley para justificar a confiança no ex-jogador.

– Ele é merecedor disso, por tudo o que ele construiu no futebol brasileiro, mais especificamente aqui na Paraíba e no nosso Botafogo. É um presente para a torcida – comentou Zezinho.

Sentindo-se preparado para a nova missão no Botafogo-PB, Warley também admite que todas as suas vivências no mundo do futebol devem lhe credenciar a dar conta do recado agora como dirigente.

– É um desafio novo. Mas estou feliz pela identificação com o clube. E vou usar dos meus conhecimentos em prol do clube agora de uma forma diferente. Vamos trabalhar um planejamento com o Leston, que é o mais importante, e com o pessoal da diretoria para que 2018 seja diferente – finalizou Warley. Informações do G1.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here