Sertão paraibano terá chuvas no final da tarde desta quinta-feira

    0

    Apesar das fortes chuvas que ocorrem na cidade de João Pessoa desde a madrugada desta quinta-feira (24), as partes mais atingidas pela seca na Paraíba, de acordo com o boletim meteorológico divulgado pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) para as próximas 24 horas, não terão chuvas na mesma proporção. O Litoral paraibano será o mais atingindo. O Brejo e Agreste tem previsão de chuvas isoladas.

    De acordo com Marle Bandeira, meteorologista da Aesa, as recentes chuvas que ocorreram em grande parte do Estado da Paraíba estavam previstas e se devem a um fenômeno chamado vórtice ciclônico, que vem provocando chuvas isoladas em algumas regiões.

    “As chuvas estavam previstas para esse período, e fazem parte do sistema meteorológico ciclônico, normalmente ele atua nessa época do ano. A localização dele está beneficiando mais essa parte Leste do Estado, o Agreste, Brejo e Litoral. Neste último, as pancadas de chuvas serão mais fortes hoje, no Cariri e Curimataú as chuvas serão mais fracas e localizadas”, explicou.

    De acordo com Marle, para o Cariri Curimataú, Sertão e Alto Sertão a previsão é que provavelmente ocorram chuvas no final da tarde.

    “Hoje estão ocorrendo essas chuvas na parte litorânea da faixa leste do Estado e amanhã poderão ocorre chuvas localizadas associadas a atuação do sistema ciclônico. Ele está adentrando no continente, então hoje ainda podem ocorrer chuvas nessa parte mais central e ocorrer chuvas localizadas no cariri e sertão da Paraíba, no finalzinho da tarde para o início da noite”

    A expectativa meteorológica é que o El Nino deixe de exercer sua influência sobre o clima e enfraqueça em março, que é o período onde as chuvas estão previstas para o Cariri paraibano.

    “As chuvas estão começando, o El ninho está atuando. Existe uma perspectiva do El ninho enfraquecer em março que é o período chuvoso do Cariri paraibano, essas chuvas ocorrem, mas de forma isoladas, não é a chuva do período mais chuvoso do ano. Nós chamamos das chuvas da pré-estação chuvosa que normalmente ocorre”, relatou Marle.

    A Aesa ainda encaminhou aviso meteorológico para o secretário de recursos hídricos, João Azevedo, alertando sobre os ricos das chuvas nas áreas mais vulneráveis do Estado nas próximas 24 horas.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here