Assista: Defesa de Ricardo contesta relatório do TCE encaminhado por tio de Cássio

    3

    O advogado da coligação ‘A Força do Trabalho’, que reelegeu o governador Ricardo Coutinho (PSB), Fábio Brito, entrou com uma ação no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) de incidente de falsidade contra um relatório da auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Segundo a ação, os números de servidores contratados pelo Governo do Estado em 2014, ano eleitoral, eram diferentes dos dados reais segundo o próprio sistema do TCE, o Sagres.

    A ação, movida pela coligação do candidato derrotado na disputa estadual, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), trazia um relatório técnico encaminhado pelo conselheiro do TCE, Fernando Catão, tio de Cássio Cunha Lima. O relatório diz que o Governo havia contratado 50% mais servidores do que a lei permitia. Segundo dados do Sagres, este número seria 1% inferior ao limite da lei.

    “Estamos contestando a veracidade do documento apresentado pelo TCE, esperando que o Tribunal acate a ação e solicite esclarecimentos quanto a estas informaçãoes prestadas. Nossa única intenção é fazer com que os documentos reflitam a veracidade dos dados da gestão estadual”, disse Fábio.

    Segundo o advogado, a coligação não acusa o TCE de adulteração do documento, mas que a informação que consta no documento não é verídica, podendo levar o TJ não possa julgar o procesos de forma equivocadamente.

    Veja abaixo a entrevista:

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here