Ações da Prefeitura em época de chuva evitam maiores transtorno em João Pessoa

    0

    As chuvas que vem caindo na Capital desde a última sexta – 22% acima da média comumente registrada no período – já não preocupam centenas de famílias pessoenses, moradoras de áreas que estavam contidas no mapa de risco de alagamento e desabamento.

    Comunidades do Timbó, São José e Saturnino de Brito sentem, agora, os reflexos das intervenções feitas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), que investiu em contenções de barreiras, relocações preventivas, dragagens fluviais e construção de moradias sociais – ações que evitam neste início de outono (mesmo sob volume de 265 milímetros de chuva) tragédias urbanas de anos anteriores.

    Exemplo ilustrativo está na comunidade do Timbó. Considerada uma das áreas mais críticas de João Pessoa durante o período chuvoso, a região experimenta em 2015 uma realidade diferente: 136 habitações populares foram construídas, associadas a projetos de pavimentação e contenção de encostas.

    As famílias, claro, comemoram: “Já perdi as contas de quantas vezes tive que tirar água de dentro de casa. Muitas vezes perdia tudo que tinha”, revela a dona de casa Eleniza Vieira da Silva, 56, que mora na comunidade há mais de 30 anos, mas que há três meses reside em uma das residências populares.

    Cada um dos 136 imóveis possui 37 metros quadrados e é dividido em sala, dois quartos, cozinha e banheiro. Na companhia dos três filhos ela revela que pela primeira vez não precisou se preocupar com as chuvas na Capital. “Durmo tranqüila porque sei que hoje eu moro em um lugar seguro pra mim e para os meus filhos” concluiu.

    Além das habitações, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) realizou, também no Timbó, obras de infraestrutura e urbanização que incluiram a construção de um muro de arrimo para contenção da barreira, evitando os deslizamentos de terra, e a pavimentação de ruas, que permitiu o escoamento da água evitando alagamentos e lamaçais.

    “Apesar de tantos transtornos que passei aqui, sempre tive um desejo de permanecer. Mas, claro, em condições seguras, como acontece hoje em dia” relata Socorro Correia da Silva, 54, outra moradora do Timbó, que trocou sua antiga casa – próximo a uma barreira – para morar com segurança em outra residência popular.

    No bairro São José as ações estão em curso. O desassoreamento do rio, capinação e roçagem, remoção de entulhos, remoção de famílias de residências em risco de desabamento e demolição dessas residências, limpeza, contenção de barreiras já evitaram alagamentos. Em uma das vias principais do bairro, onde a água costumava invadir as casas, desta vez não trouxe transtornos á população.

    Já na comunidade Saturnino de Brito a Prefeitura de João Pessoa foca na infraestrutura, com a demolição de casas que estavam em locais próximas de barreiras, e que apresentavam alto risco de desabamento. Cerca de 74 famílias já recebem um auxílio moradia para morar em áreas seguras, enquanto novas residências populares são construídas.

    Já no local das antigas casas, foram erguidos muros de contenção junto às barreiras para impedir possíveis deslizamentos de terra. A medida, segundo a moradora Elida Lima dos Santos, que reside próximo a um dos muros de contenção, deu mais tranquilidade aos moradores do local.

    “Quando chovia forte dava para ouvir até estalos vindos da barreira. Aí já viu, né? Ninguém conseguia ficar tranquilo. Nessas chuvas que vêm acontecendo não deu para notar nada de anormal, sem contar que não tem mais gente perto correndo rico”, lembrou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here