Ação tem atividades terapêuticas para servidores do Complexo Juliano Moreira

    0

    O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), promove, no próximo domingo (22), o “Projeto Fênix” que oferecerá práticas terapêuticas integrativas a todos os servidores do Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, na Capital. Das 8h30 às 11h30, serão realizadas oito atividades: biodança, massoterapia, reiki, acupuntura, auriculoacupuntura, atendimento individual com terapeuta floral, dança circular e aeróbica, dentro do Complexo.

    O ‘Juliano’ tem 431 funcionários nas quatro unidades: Hospital; Ambulatório Gutemberg Botelho; Espaço Inocêncio Poggi e Clifford – Pronto Atendimento de Saúde Mental.

    Segundo o diretor geral do Complexo, Walter Freire Franco, o objetivo é oferecer cuidados a quem cuida dos usuários, diariamente. “Quando uma pessoa se cuida, está bem com ela mesma, é capaz de cuidar melhor do outro. Quem chega ao Juliano, vem com sofrimento psíquico e precisa encontrar nos profissionais alguém com mais equilíbrio e saúde, no sentido integral (física, mental, emocional, etc); mais centrado e capaz de doar-se a quem está necessitado”, falou.

    As oito atividades terapêuticas serão desenvolvidas por 30 profissionais, de forma voluntária. “Ficamos animados com a disponibilidade destes profissionais em abraçar o projeto, voluntariamente”, disse o diretor.

    O “Projeto Fênix” faz parte de uma série de ações do Complexo com o objetivo de humanizar a relação entre o servidor e os pacientes. Toda sexta-feira, às 14h30, tem a cozinha experimental, onde os usuários fazem comida com ajuda de um nutricionista; nas terças-feiras, à tarde, para os pacientes adultos e nas sextas, pela manhã, para os adolescentes, tem o “cine reflexivo”, onde assistem filme e depois falam sobre o enredo com profissionais  de saúde.

    Existem ainda as oficinas de educação em saúde onde os profissionais falam sobre vários temas ligados à saúde; o grupo de pré-alta, formado por psicólogos e assistentes sociais, com o objetivo de fortalecer o vínculo com a família para receber o paciente de volta em casa; oficinas de leitura pedagógica, na biblioteca; está sendo feita parceria com o projeto de Educação de Jovens e Adultos (EJA) e estão sendo implantadas uma praça e uma horta, com a participação de usuários e servidores.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here