22 C
João Pessoa, PB
sábado, 19 agosto 2017
Governo
PB Gás

Gervásio Maia usa as redes sociais para prestar homenagem ao pai

0
Gervásio Maia usa as redes sociais para prestar homenagem ao pai

O deputado e presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) Gervásio Maia (PSB) homenageou o seu pai, Gervásio Bonavides Maia, nesta sexta-feira (18). A data marca os 10 anos de falecimento dele.

“‘Aqueles que passam por nós não vão sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.’ Saudades sempre!”, escreveu Gervásio.

Gervásio Maia usa as redes sociais para prestar homenagem ao pai

Filho do ex-governador João Agripino, Gervásio Maia foi deputado estadual por três mandatos seguidos. Na Prefeitura da Capital ocupou as pastas de Secretário de Finanças e Secretário de Articulação Política, na gestão do prefeito Ricardo Coutinho.

Gervásio faleceu no dia 18 de agosto de 2007 vítima de infarte fulminante, em sua residência, no Cabo Branco. Em sua homenagem, um residencial próximo ao Colinas do Sul ganhou o seu nome.

Deputado do partido de Cartaxo diz que prefeito tem “visão míope” com sua gestão

0

O deputado estadual Aníbal Marcolino (PSD), recém-empossado na Assembleia Legislativa da Paraíba, não poupou críticas ao prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), sobre a decisão de colocar uma via exclusiva para ônibus em uma das principais avenidas da Capital, a Pedro II.

Para Aníbal, a medida foi desastrosa já que ao invés de melhorar o fluxo de veículos, acabou causando um engarrafamento que havia sido sanado na época da implantação da terceira via ainda sob a gestão municipal do atual governador Ricardo Coutinho.

“Hoje pela manhã eu passei quase uma hora pra conseguir passar ali na Pedro II. Você sabe que foi feito um estudo para fazer a terceira via, alargaram, tiraram até uma parte da Tabajara, fizeram a passarela e acabaram com engarrafamento. E o prefeito e sua equipe, com sua visão míope tiram a terceira faixa deixando apenas para os ônibus e prejudicando a população” disparou. As informações são do blog do Ninja.

Presidente da OAB-PB repudia acusações de professora do Unipê contra advogado paraibano

0

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil na Paraíba (OAB-PB), Paulo Maia, repudiou nesta sexta-feira (18) as declarações da professora do Unipê, Laura Berquó, que usou as redes sociais para falar da vida pessoal do advogado Iarley Maia e o procurador do Trabalho Eduardo Varandas.

Confira abaixo a postagem de Paulo Maia.

Presidente da OAB-PB repudia acusações de professora do Unipê contra advogado paraibano

 

Presidente da OAB-PB repudia acusações de professora do Unipê contra advogado paraibano

Cássio ‘esquece’ aliança com Cartaxo e diz que pode disputar o Governo

0
cássio

Do mesmo jeito que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) admitiu que pode ficar de fora das eleições de 2018, o tucano ressaltou que tudo depende de uma decisão colegiada, que também pode culminar em sua candidatura para o Governo do Estado.

Aliado de Cartaxo desde as últimas eleições, o tucano parece não querer saber das pretensões do prefeito da Capital, mesmo que seu partido participe das ações de interiorização do nome do prefeito em viagens pela Paraíba.

“O meu projeto é disputar a reeleição para o Senado Federal, isso eu já deixei claro, naturalmente é uma decisão que caberá não apenas ao meu partido, mas aos partidos que estarão coligados na frente das oposições. Mas eu não tenho nenhuma obsessão no que diz respeito a disputar a reeleição para o Senado”, disse.

A decisão, no entanto, vai depender do colegiado. Cássio disse que não tomará nenhuma medida de cunho pessoal.

Cássio já admite que pode ficar de fora das eleições de 2018

0
Tôrres desafia Cássio: quero ver fazer discurso em voz alta dentro de um quartel de polícia da PB

Não é apenas o governador Ricardo Coutinho (PSB) que pode ficar fora das eleições para a disputa pelo Senado Federal em 2018. Nesta sexta-feira (18), durante entrevista à Rádio Arapuan FM o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) admitiu que também poderá não disputar nenhum cargo, nem reeleição nem governo do Estado no próximo embate eleitoral. Ele disse que não tem obsessão para estar na disputa e que, se for para respaldar a união das oposições, pode sim não disputar nenhum cargo no próximo pleito.

“O meu projeto é disputar a reeleição para o Senado Federal, isso eu já deixei claro, naturalmente é uma decisão que caberá não apenas ao meu partido, mas aos partidos que estarão coligados na frente das oposições. Mas eu não tenho nenhuma obsessão no que diz respeito a disputar a reeleição para o Senado e posso não disputar nada para ajudar numa composição que, por ventura, seja necessária para somar forças políticas no estado”, disse.

O tucano ressaltou que já conta, em seu currículo, com mais de 30 anos de vida pública, exercendo mandatos, o que corrobora para uma folha de serviço prestado em prol, sobretudo, da população mais carente.

“Já tenho 30 anos de mandato, graças a Deus tenho uma folha de serviço prestado, desde meu primeiro mandato quando fui deputado constituinte e garanti o pagamento do salário mínimo aos aposentados rurais, a redução da idade para o segurado especial. Desde o meu primeiro mandato até agora quando conseguimos aprovar leis para que as pessoas com deficiência tenham acesso as universidades públicas. Tenho trabalhado pelos mais pobres e posso, eventualmente, não disputa uma eleição”, asseverou.

Colegiado

A decisão, no entanto, vai depender do colegiado. Cássio disse que não tomará nenhuma medica de cunho pessoal. “É uma decisão que será tomada mais adiante, uma decisão que será tomada de forma colegiada e tenho certeza que não tenho nenhuma ficção para disputar a eleição do ano que vem. Não é obsessão disputar mais uma eleição, até porque tenho orgulho do mandato que faço, que é respeitado pelo Brasil, tenho orgulho de representar a Paraíba”, arrematou.

Caso nenhum dos dois vá mesmo para o embate, a corrida para emplacar as vagas pode colocar de volta ao cenários Wilson Santiago (PTB) e Efraim Morais (DEM), além do deputado Luiz Couto, do PT, que corre por fora. As informações são do PB Agora.

Em nota, Detran relata problemas técnicos para emissão de guias

0
Detran desmente criação de novas taxas para donos de veículos na Paraíba

O Detran-PB emitiu nota nesta sexta-feira (18) relatando problemas técnicos para emissão de guias e documentos e que está trabalhando para o quanto antes resolver a situação.

Confira abaixo a nota.

NOTA

O Detran/PB informa aos seus usuários e ao público em geral que esteve com suas atividades de atendimento para emissão de guias e documentos paralisadas devido a problemas técnicos na Codata, provedora dos serviços de informática do órgão, que apresentou pane no seu servidor de impressão.

A Codata informou ao Detran/PB que já está providenciando a substituição do equipamento, visando possibilitar a normalização dos serviços na próxima segunda-feira, 21/08/2017, em todo o Estado.

O Detran/PB informa ainda que nenhum vencimento do prazo ocorrido durante a paralisação do sistema redundará em acréscimo de multas ou juros.

João Pessoa, 18 de agosto de 2017.

A DIRETORIA

RC: “Estou reforçando a segurança com mais 700 policiais e ainda falam bobagem”

0
Ricardo: “o povo de JP não só merece, mas exige de cada um de nós, respeito

O governador Ricardo Coutinho não poupou críticas aos seus adversários políticos que foram contra a criação da Guarda Militar Temporária, que vai fazer com que mais de 700 policiais reforcem a segurança nas ruas.

Em entrevista a uma emissora de rádio da Capital nesta sexta-feira (18), o governador disse que é preciso ter fundamento na hora de fazer uma crítica. “Estou colocando mais 700 policiais nas ruas e ainda falam bobagem. Vamos ter um grande reforço na segurança e eu não entendo como alguém pode abrir a boca para dizer um monte de bobagem”, salientou.

Ricardo disse ainda que as críticas são de pessoas que apoiam um prefeito que dobrou o número de prestadores de serviço. “essas pessoas têm necessidades de fazer qualquer tipo de crítica, nem que seja a maior bobagem do mundo”, concluiu.

Entenda

O Governo do Estado publicou no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (17) a criação da Guarda Militar Temporária (GTM), no âmbito da Polícia Militar da Paraíba (PMPB).

Segundo a Medida Provisória, a Guarda Militar destina-se, em caráter experimental, à execução das atividades típicas de policiamento ostensivo de segurança externa em estabelecimentos penais, socioeducativos e, excepcionalmente, em atividades especiais ou extraordinárias de interesse público no âmbito exclusivo da PM.

Segundo a publicação, o processo de recrutamento, seleção e capacitação da GTM será precedido de autorização expressa do Chefe do Poder Executivo, mediante proposta fundamentada do Comandante-Geral, observado o limite máximo de 01 (um) Guarda Militar Temporário para cada 05 (cinco) integrantes do efetivo fixado em lei para a Polícia Militar.

Para ingresso, o candidato deverá se submeter a um processo seletivo conforme edital. Os candidatos, aprovados na seleção, serão convocados para o serviço voluntário e temporário, obedecendo aos limites estabelecidos. A prestação do serviço voluntário e temporário terá duração de 02 (dois) anos, podendo ser prorrogada por até 02 (dois) anos, uma única vez.

O auxílio mensal de atividade militar temporária, de caráter financeiro, será equivalente à Bolsa Especial de Atividade Militar da Reserva de Praça da Guarda Militar da Reserva.

Governo da PB entrega binário de Solânea neste sábado

0
Comunidades quilombolas do Sertão terão acessos recuperados pelo Estado

O governador Ricardo Coutinho vai inaugurar neste sábado (19), às 16h,  a 130ª obra rodoviária do programa Caminhos da Paraíba. Trata-se do binário rodoviário de Solânea, com extensão de 2,2 km, construído com recursos próprios do Tesouro Estadual, no valor de R$ 1,2 milhão.

É mais uma obra de mobilidade urbana do governo estadual realizada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que consiste na pavimentação das avenidas Santos Dumont, José Pessoa da Costa e Dionísio Rodrigues da Costa, todas paralelas ao segmento urbano da PB-105, em Solânea. Desta forma, o tráfego de veículos ficará dividido em mão única entre essas as avenidas e a rodovia, com sentidos opostos.

As obras foram iniciadas em maio de 2017 e concluídas neste mês de agosto, beneficiando diretamente uma população de 26.551 habitantes de Solânea e milhares de usuários que trafegam diariamente na PB-105, na região do Brejo paraibano.

Foram executados serviços de recapeamento das avenidas José Pessoa da Costa e Santo Dumont em CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente) e sinalização horizontal e vertical.

O superintendente do DER, Carlos Pereira de Carvalho e Silva, disse que a inauguração de mais uma obra rodoviária demonstra “o compromisso do governador Ricardo Coutinho e do secretário João Azevedo de oferecer ao Estado da Paraíba uma das melhores malhas rodoviária do país”.

O binário de Solânea visa principalmente desafogar o tráfego de veículos no centro da cidade, proporcionando mais segurança, além de modernizar a infraestrutura rodoviária do Estado, facilitando a travessia de veículos que se dirigem para outras cidades da região.

Ministro se opõe à proposta de Cássio pelo retorno de financiamento privado de campanha

0
Ministro paraibano se opõe à proposta de Cássio pelo retorno de financiamento privado de campanha

Os paraibanos Cássio Cunha Lima (PSDB) e o ministro do Tribunal Superior Eleitoral, o corregedor Herman Benjamin, são divergentes em suas opiniões em relação ao modelo que deverá ser adotado para financiamento de campanha das eleições de 2018.

O vice-presidente do Senado Cássio Cunha Lima (PSDB), defende o modelo de financiamento privado. O tucano propôs adotar um modelo no qual as doações que vêm das empresas tenha um caráter impessoal, ou seja, o doador não saberá para quem o dinheiro será destinado e o Fundo seria administrado pela Justiça Eleitoral.

Cássio é suspeito de receber R$ 800 mil em vantagens indevidas para favorecer a Odebrecht e é investigado na Operação Concorde, da Polícia Federal, que apura esquemas de desvios de recursos e lavagem de dinheiro.

Já o ministro Herman Benjamim, o financiamento público de campanha, é o melhor modelo para combater a corrupção. De acordo com o ministro, a defesa do financiamento privado de campanha não seria motivada por razões eleitorais, mas por ser um modelo que continuaria encobrindo a corrupção política.

Herman Benjamin foi relator do processo de cassação da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer e votou pela cassação da chapa.

Depois da frustração da proposta de implantação do modelo eleitoral do distritão, essas e outras alternativas estão surgindo na Câmara dos Deputados. Aprovado na comissão especial que discute a reforma política, o distritão tornou-se um entrave para aprovação da matéria em plenário. Na quarta-feira, a sessão marcada para votar a proposta foi abreviada por falta de acordo, remarcando-se outra para a semana que vem.

Parlamentares e partidos críticos do distritão alegam que o sistema privilegia os políticos já conhecidos e com mandato, uma vez que, nesse modelo, ganham a eleição para deputado e vereador os candidatos com maior número de votos, diferentemente do modelo atual, o proporcional com lista aberta.

Presidente da CMJP planeja esquema de segurança para sessão solene com Lula

0
Presidente da CMJP planeja esquema de segurança para sessão solene com Lula

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), Marcos Vinicius (PSDB), recepcionou a equipe de segurança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na manhã desta sexta-feira (18).

O presidente da Casa e a equipe do ex-presidente, analisaram as estruturas da CMJP, para poder fazer o planejamento do esquema de segurança de Lula, que receberá no próximo dia 26, o título de cidadania pessoense, na Casa Napoleão Laureano.

Título de cidadania pessoense 

A proposta da homenagem ao ex-presidente Lula, foi do vereador Júlio Rafael, em 1997, já estava aprovada na Câmara e foi reforçada em março deste ano pelo vereador Marcus Henriques (PT).

Apesar do projeto ser apresentado pelo único parlamentar petista da Casa de Napoleão Laureano, ele foi subscrito por mais 16 vereadores.

Segundo a matéria, a honraria será entregue em sessão solene a ser definida pela CMJP, mas o autor da propositura revelou ao Paraíba Já que articula com o Instituto Lula para que o ex-presidente venha ainda esse mês receber o título em João Pessoa.

Uma das vereadores que assinaram a entrega da homenagem foi Raissa Lacerda, que atacou ferrenhamente o PT durante todo o processo de impeachment da então presidente Dilma Rousseff.

Um evento, após a entrega, vai acontecer no lado de fora da Casa, onde será montado um palco para discurso do ex-presidente e demais lideranças políticas. Marcos Henriques adiantou que um dos convidados para a homenagem vai ser o governador Ricardo Coutinho (PSB). O deputado federal Luiz Couto (PT), e os deputados estaduais Anísio Maia (PT) e Frei Anastácio (PT) também integram a lista de convidados. Ainda haverá uma transmissão ao vivo para a população acompanhar o momento da entrega.

Mais Lidas

Nossas Redes Sociais

0FãsCurtir
8,110SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever