Botafogo-PB sofre virada relâmpago, mas consegue empatar com o Sergipe

0

Em uma noite chuvosa, o Botafogo-PB entrou em campo pela quarta rodada do Grupo E da Copa do Nordeste para enfrentar o Sergipe. Depois de um primeiro tempo razoável, o time levou a virada em dois minutos no segundo tempo, ainda conseguiu reagir, mas empatou por 2 a 2 e se complicou na tabela da competição.

Com a escalação modificada, o Botafogo-PB começou a assustar logo aos 4 minutos. Em cobrança de falta ensaiada, Marcinho rolou para Gustavo, que soltou a bomba de pé direito, mas a bola passou a direita da meta defendida pelo veterano goleiro Ferreira, ex-CSP.

Mas a bruxa parece que está solta na Maravilha do Contorno. Aos 12 minutos, o lateral esquerdo Luiz Paulo se machucou sozinho e caiu sentindo uma lesão na perna direita. Ele ainda tentou retornar, mas deixou o gramado aos prantos e a contusão pode ser grave. Em seu lugar entrou Roger Junio, atacante, e Itamar colocou time jogando de forma mais ofensiva.

O Belo mantinha as ações do jogo e aos 18 minutos quase abre o placar. Marcinho recebeu na entrada da área e bateu de pé direito. A bola desviou e o arqueiro sergipano, em lance de puro reflexo, esticou a perna esquerda e conseguiu defender. No rebote Wanderson tentou mandar no ângulo esquerdo, mas a bola subiu demais e saiu pela linha de fundo.

De tanto tentar pressionar, o Botafogo-PB conseguiu abrir o marcador. Aos 27 minutos, Rafael Oliveira abriu para Gustavo na direita e correu para a área. O lateral cruzou de perna esquerda e mandou na cabeça do camisa 19 do Belo, que mostrou mais uma vez seu faro de artilheiro e só escorou no canto direito rasteiro de Ferreira e foi comemorar junto à torcida na arquibancada sol do Almeidão.

Demorou, mas dez minutos depois de sofrer o gol o Sergipe chegou pela primeira vez com mais perigo. Wallace Pernambucano desceu bem pela direita e cruzou para Cajano, que apareceu na pequena área, mas dividiu a bola com Walber. Por pouco não saiu o empate.

Segundo tempo

Na volta do intervalo o time sergipano conseguiu virar marcador rapidamente. Aos 3 minutos Calyson avançou sem ser incomodado e chutou de perna esquerda da intermediária. A bola desviou em Hiago no meio do caminho, enganou Michel Alves e morreu mansamente na rede do Belo.

Dois minutos depois, em cobrança de escanteio pela esquerda, a bola passou por todo mundo dentro da pequena área e Hiago, baixinho, nem pulou para cabecear e colocar o Sergipe na frente do placar.

E só dava Gipão. Aos 8, os visitantes saíram em contra ataque veloz e após jogada pela direita, a bola sobrou para Calyson na meia lua. Ele tocou no canto esquerdo rasteiro, mas Michel Alves fez grande defesa e mandou para escanteio.

O Botafogo-PB não esboçava o menor poder de reação, e o Sergipe não era incomodado em nenhum momento. Muito pelo contrário. Sempre que tinha oportunidade, trocava passes em velocidade e criava perigo, como aos 28 minutos, quando Wallace Pernnambucano avançou e chutou de perna esquerda no ângulo direito de Michel Alves, que com a ponta dos dedos conseguiu evitar o terceiro gol.

Mas de tanto desperdiçar oportunidades de matar o jogo, o Belo conseguiu empatar. Aos 33 a bola sobrou para Fernandes na grande área. O camisa 6 ajeitou o corpo e soltou o chute de pé esquerdo. A pelota desviou em pelo menos três jogadores na pequena área antes de cruzar a linha e recolocar o time pessoense de volta na partida.

O Belo tentava desordenadamente atacar, mas sofria mais com contra ataques do adversário do que criava chances de gol. No último lance, em falta marcada na intermediária, o goleiro Michel Alves foi para a área tentar o cabeceio, mas Gustavo cobrou no primeiro pau e a defesa afastou.

Com o placar de 2 a 2, o Botafogo-PB segue na lanterna do Grupo E da Copa do Nordeste, com 4 pontos ganhos. O próximo compromisso botafoguense pela competição será no dia 11, contra o Vitória-BA, fora de casa. Antes, pelo Paraibano, recebe o Atlético de Cajazeiras no domingo (04).

Ficha técnica

Botafogo-PB 2 x 2 Sergipe
Copa do Nordeste 2017 (4ª rodada – Grupo E)
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Gols: Rafael Oliveira, Fernandes (B); Hiago (2x)

Cartões amarelos: Sapé, Fernandes (B); Ramalho, Ferreira (S)

Botafogo-PB: Michel Alves, Gustavo, Walber, Bruno Maia, Luiz Paulo (Roger Junio); Djavan, Sapé (Biro Biro), Fernandes, Marcinho; Wanderson (Warley), Rafael Oliveira. Técnico: Itamar Schulle.

Sergipe: Ferreira, Carlos Henrique, Jonas, Alexandre, Vicente; Ramalho, Welton (Felipe Ribeiro), Wallace Pernambucano (David Ceará), Calyson (Bruno Henrique); Cajano, Hiago. Técnico: Betinho.

 

Do Voz da Torcida

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here