Com expectativa de realizar cerca de R$ 400 mil em negócios, começou, nesta sexta-feira (28), a 28ª Festa Bode na Rua, na cidade de Gurjão, no Cariri paraibano, que inclui uma Expofeira com animais e produtos agropecuários.  O evento, que acontece até este domingo (30) na praça principal, conta com a participação dos moradores da cidade e região, além de produtores de outras regiões da Paraíba e dos estados de Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Em três dias de evento, serão promovidos leilões e vendas de caprinos e ovinos de várias raças, produtos agroindustriais e artesanato. A iniciativa tem o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), que disponibilizou 1,5 tonelada de feno para alimentar os animais. A festa é considerada pelos organizadores o maior evento do Cariri no setor e visa atrair mais de 20 mil pessoas para a cidade de Gurjão.

Para o secretário executivo da Sedap, André Campos, que esteve em Gurjão para prestigiar a abertura da festa, o evento representa uma alternativa para impulsionar o setor agropecuário na Paraíba.  “Desde 2015, nós estamos reerguendo as exposições e feiras agropecuárias. A Sedap está presente porque considera importante que as expofeiras  tenham o incentivo do governo.  A determinação do secretário Rômulo Montenegro é de que todas as exposições sejam retomadas e estamos trabalhando muito para que possamos realizar em todas as regiões do estado”, enfatizou.

O secretário de Desenvolvimento Rural do município de Gurjão, Orlando Júnior, agradeceu o apoio e ressalta que, além da alimentação para os animais, o Governo apoia com a defesa agropecuária e com a participação diária da Gerência de Produção Agropecuária. “Estamos realizando uma grande festa e as parcerias são importantes para continuar uma tradição em nosso município”, comentou.

Para o agropecuarista Roberval Lima, criador da raça ovinos Somalis Brasileira, o evento só beneficia os criadores. “Não tenho dúvidas que esse e outros eventos que vêm acontecendo na Paraíba é uma grande oportunidade para expor e comercializar as raças. Falo especialmente da raça que crio, ela pertence ao grupo dos ovinos de “garupa gorda”, que é originária da região formada pela Etiópia e a Somália, e que se adaptou muito bem à nossa região. Quero que todos conheçam e espalhem esse rebanho, que engorda no inverno e não perdem gordura, resistindo por todo período de estiagem. E esse é apenas alguns dos benefícios que essa raça apresenta”, disse Roberval.

 

Comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here