Após exigir renúncia, sindicato quer revisão na prestação de contas de Cássio




O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraiba (Stiup),, Wilton Maia, revelou durante entrevista a uma emissora de rádio da Capital, que além de emitir uma nota exigindo a renúncia do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) do seu mandado, o sindicato vai também ingressar com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pedindo a revisão da prestação de contas de campanha do senador tucano.

As iniciativas do Sindicato são por conta da divulgação da informação de que o tucano teria negociado a privatização da Cagepa com a Odebrecht Ambiental, em troca de uma “doação” de R$ 800 mil não contabilizada para campanha de 2014.

Segundo nota do Sindicato, “Os Trabalhadores da CAGEPA, sentem-se traídos e vítimas de uma atitude que entendem ilícita e irresponsável do Senador Cássio Cunha Lima, que assumiu o compromisso, com a Odebrecht, de privatizar a CAGEPA, entregando-a à Odebrecht que de forma pública, se constitui como uma das maiores corruptoras deste País”.

E justifica o pedido de renúncia: “O mandato de Senador da República pelo Estado da Paraíba, não deve ser exercido por quem utiliza o cargo para uso de caixa dois, e se beneficiar com valores ilícitos, frutos de corrupção. O mandato de Senador da República foi outorgado pelo povo, para que, em Brasília, possa defender os interesses maiores da sociedade”.

 

Do blog de Marcos Wéric

Comente

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.