oscar

Entrega do Oscar 2016 é hoje; veja quem são os favoritos


A mais importante premiação de cinema do mundo acontece neste domingo (28), sem favoritos claros e cercada de grande expectativa



O Oscar 2016 já é uma das edições mais polêmicas e atípicas da história da premiação, que acontece ininterruptamente desde 1929. A 88ª entrega dos prêmios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas acontece neste domingo (28), no Teatro Dolby, em Los Angeles, nos EUA, com transmissão ao vivo para mais de 150 países ao redor mundo. No Brasil, a Rede Globo irá exibir o Oscar na TV aberta e o canal pago TNT irá transmitir a íntegra da cerimônia.

Assim como o ano passado, que teve um dos Oscars mais políticos de todos os tempos, a edição de 2016 deve ser marcada por atos e protestos, ainda que sutis. Motivos não faltam. A baixa diversidade nas indicações talvez seja o mais latente. Pelo segundo ano consecutivo, apenas atores brancos estão indicados nas categorias de ator principal e coadjuvante. Para se ter uma ideia, o último precedente dessa situação foi em 1996, há 20 anos, portanto, e não se repetiu no ano seguinte, como aconteceu esse ano – e já havia corrido em 2015.

O humorista Cris Rock, apresentador desse ano, não deve perder a chance de alfinetar essa circunstância com suas piadas sempre ácidas. Também é baixo o número de mulheres indicadas de um modo geral: menos de 26%. Isso mostra o quanto a Academia, mesmo beirando aos 100 anos, ainda precisa avançar bastante rumo a equidade de gênero e a diversidade étnica.

Chris-Rock-Promo

O humorista Chris Rock é o apresentador do Oscar 2016. Conhecido pelo humor afiado quanto as questões raciais, ele não deve perder a piada sobre essa ser a edição mais “predominantemente branca” do Oscar das últimas décadas.

O prêmio de cinema mais aguardado de todos reserva surpresas, mas também as recorrentes barbadas, aquelas premiações que todo mundo espera e já sabe para quem vão, salvo algo muito extraordinário aconteça. É o caso dos favoritos a categoria de Melhor Ator e Melhor Atriz em papel principal. Leonardo DiCaprio, em sua quinta indicação, deve subverter a fama de eterno preterido – e as piadas – e levar sua primeira estatueta pela sua performance em O Regresso.

Atores e atrizes Oscar 2016

Eles: da esquerda para a direita: Bryan Cranston, Matt Damon Leonardo DiCaprio, Michael Fassbender e Eddie Redmayne. Elas: da esquerda para a direita: Brie Larson, Cate Blanchett, Jennifer Lawrence, Charlotte Rampling e Saoirse Ronan. Todos aparecem caracterizados pelas personagens com as quais conquistaram a indicação ao Oscar 2016 na categoria ator e atriz em papel principal.

A debutante entre as indicadas da Academia, Brie Larson, deve levar o Oscar já de primeira pela sua intepretação primorosa – e intensa – de uma mãe que tenta livrar o filho do horror do cativeiro e luta para se reconstruir em O Quarto de Jack. Tanto DiCaprio quanto Larson levaram praticamente todas as premiações que antecederam o Oscar e não tem concorrentes, a essa altura, que ameacem realmente a vitória deles na noite de hoje – exceto por uma grande reviravolta, algo totalmente imprevisível – o que não deve ocorrer. São favas contadas.

Já a categoria principal do Oscar, a de melhor filme, chega à reta final completamente embolada, sem nenhum favoritismo claro. Os principais prêmios se dividiram entre O Regresso, Spotlight e A Grande Aposta, com Mad Max correndo por fora com suas 10 indicações, número menor apenas que o filme do Iñárritu, que tem 12. O Regresso tem uma certa vantagem pela repercussão que tem tido e uma certa onda favorável ao mexicano Iñárritu.

O músico-compositor italiano Ennio Morricone, autor de algumas das mais icônicas trilhas da história do cinema, deve confirmar seu favoritismo e levar seu primeiro Oscar pela trilha sonora de Os 8 Odiados, do Tarantino. Kate Winslate (Steve Jobs) ganhou impulso entre as finalistas de Atriz Coadjuvante, mas é seguida de muito perto por Alicia Vikander (A Garota Dinamarquesa) e Rooney Mara (Carol). Entres os que concorrem a Ator Coadjuvante, Sylvester Stallone é o franco favorito por “Creed – Nascido para Lutar”, onde volta a interpretar o lendário Rock Balboa.

Ator e atriz coadjuvantes Oscar 2016

Atores, da esquerda para a direita: Christian Bale, Tom Hardy, Mark Ruffalo, Mark Rylance e Sylvester Stallone . Atrizes, da esquerda para a direita: Jennifer Jason Leigh, Rooney Mara, Rachel McAdams, Alicia Vikander e Kate Winslet.  Nas imagens, eles e elas aparecem em cena dos filmes pelos quais foram indicados ao Oscar 2016.

O mexicano Emmanuel Lubezki tem tudo para vencer pela terceira vez consecutiva o prêmio de Melhor Fotografia pelo seu magnífico trabalho em O Regresso e se tornar a primeira pessoa em toda a história do Oscar a conseguir esse feito. O Brasil está presente no Oscar desse ano através da animação O Menino e O Mundo, do paulistano Alê Abreu,  que concorre na categoria de melhor filme de animação, mas tem poucas chances reais de vitória ante o favoritismo avassalador da Disney Pixar e seu Divertida Mente. A indicação do filme brasileiro compensa, de certo modo, a ausência mais sentida em terras tupiniquins: o filme Que Horas Ela Volta?, que era a maior aposta do Brasil mas acabou preterido entre os finalistas na categoria filme de língua estrangeira.

O Menino e o Mundo

A longa de animação O Menino e o Mundo, do paulistano Alê Abreu, é o representa do Brasil no Oscar 2016.

Num ano onde os blockbusters foram as obras que mais se destacaram, Mad Max seria uma boa alternativa como um filme tecnicamente irretocável, elenco excepcional, roteiro criativo, enredo envolvente e uma direção estupenda. Sucesso retumbante de público e crítica, caso vença será o primeiro filme de ação da história a consquistar o Oscar.

Na categoria de Melhor Direção, George Miller de Mad Max e Alejandro González Iñárritu por O Regresso travam o duelo mais acirrado da noite, com apostas que indicam que ambos têm muita chance de levar o prêmio. No caso de uma vitória de Iñárritu, será a primeira vez na história do Oscar que um diretor vence duas vezes seguidas nessa categoria – e um diretor latino-americano, ainda por cima – e se Miller for o escolhido será um justo reconhecimento ao trabalho brilhante de um diretor já veterano.

mad-max-fury-road-charlize-theron

Charlize Theron em cena de Mad Max: Estrada da Fúria. A produção pode surpreender e entrar para a história como o primeiro filme de ação a vencer na categoria principal do Oscar.

Sem mais delongas, faço minhas apostas sobre os vencedores da noite de hoje. Divido em quatro categorias: QUEM DEVE LEVAR, o provável vencedor ou vencedora, QUEM AMEAÇA, a figura entre os indicados que divide o favoritismo e pode sair com a estatueta nas mãos, QUEM MERECE, a minha opinião sobre quem eu acredito que, por mérito, deveria ganhar e QUEM FICOU DE FORA, a pessoa cujo trabalho foi incrível mas acabou não sendo indicada. Confira a relação abaixo:

MELHOR FILME

Favoritos Melhor Filme Oscar 2016

O Regresso, Spotlight e A Grande Aposta: os três filmes, segundo as projeções, mais cotados para levar o prêmio de melhor filme no Oscar 2016. Mad Max, corre por fora.

QUEM DEVE LEVAR: O Regresso

QUEM AMEAÇA: Spotlight / A Grande Aposta

QUEM MERECE: Mad Max: Estrada da Fúria

QUEM FICOU DE FORA: Carol

MELHOR DIRETOR

George Miller e Iñárritu

Duelo de titãs: George Miller e Alejando González Iñárritu são ambos favoritos na categoria de melhor diretor.

QUEM DEVE LEVAR: Alejandro González Iñárritu (“O Regresso”)

QUEM AMEAÇA: George Miller (“Mad Max: Estrada da Fúria”)

QUEM MERECE: George Miller (“Mad Max: Estrada da Fúria”)

QUEM FICOU DE FORA: Todd Haynes (“Carol”)

MELHOR ATOR

Leonardo-DiCaprio

Depois de cinco indicações, Leonardo DiCaprio deve, enfim, levar o tão esperado Oscar pra casa.

QUEM DEVE LEVAR: Leonardo DiCaprio (“O Regresso”)

QUEM AMEAÇA: Ninguém

QUEM MERECE: Leonardo DiCaprio (“O Regresso”)

QUEM FICOU DE FORA: Jacob Tremblay (“O Quarto de Jack”)

MELHOR ATRIZ

0cf614c1_edit_img_image_88_1416727455_BrieLarson.xxlarge

Brie Larson é a favorita ao prêmio de Melhor Atriz. Estreante entre as indicadas, ela deve levar o Oscar logo de primeira.

QUEM DEVE LEVAR: Brie Larson (“O Quarto de Jack”)

QUEM AMEAÇA: Ninguém

QUEM MERECE: Brie Larson (“O Quarto de Jack”)

QUEM FICOU DE FORA: Charlize Theron (“Mad Max: Estrada da Fúria”)

MELHOR ATOR COADJUVANTE

creed-sylvester-stallone-golden-globes-nominations-2016

Sylvester Stallone é o franco favorito na categoria Ator Coadjuvante pelo seu desempenho em Creed – Nascido para Lutar, onde volta a interpretar o lendário Rock Balboa.

QUEM DEVE LEVAR: Sylvester Stallone (“Creed – Nascido para Lutar”)

QUEM AMEAÇA: Ninguém

QUEM MERECE: Christian Bale (“A Grande Aposta”)

QUEM FICOU DE FORA: Idris Elba (“Beasts of no Nation”)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

01_09223333_c32bd1_2518799a

Kate Winslet pode levar seu segundo Oscar para casa, dessa vez de Atriz Coadjuvante, pela sua performance no filme Steve Jobs.

QUEM DEVE LEVAR: Kate Winslet (“Steve Jobs”)

QUEM AMEAÇA: Alicia Vikander (“A Garota Dinamarquesa”)

QUEM MERECE: Rooney Mara (“Carol”)

QUEM FICOU DE FORA: Kristen Stewart (“Acima das Nuvens”)

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

QUEM DEVE LEVAR: Spotlight: Segredos Revelados (Josh Singer & Tom McCarthy)

QUEM AMEAÇA: Ex_Machina: Instinto Artificial (Jonathan Herman e Andrea Berloff)

QUEM MERECE: Spotlight: Segredos Revelados (Josh Singer & Tom McCarthy)

QUEM FICOU DE FORA: Os 8 odiados (Quentin Tarantino)

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

QUEM DEVE LEVAR:  A Grande Aposta (Charles Randolph e Adam McKay)

QUEM AMEAÇA: Carol (Phyllis Nagy.)

QUEM MERECE: A Grande Aposta (Charles Randolph e Adam McKay)

QUEM FICOU DE FORA: Steve Jobs (Aaron Sorkin)

MELHOR TRILHA SONORA

morricone002

O lendário compositor italiano Ennio Morricone, autor de algumas das mais icônicas trilhas da história do cinema, deve finalmente ganhar seu primeiro Oscar pela trilha sonora de Os 8 Odiados, do Quentin Tarantino.

QUEM DEVE LEVAR:  Os 8 Odiados (​Ennio Morricone)

QUEM AMEAÇA: Ninguém

QUEM MERECE: Os 8 Odiados (​Ennio Morricone)

QUEM FICOU DE FORA: Mad Max: Estrada da Fúria (Junkie XL)

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

Til It Happens to You, intrepretada por Lady Gaga, da trilha do documentário The Hunting Ground é favorita na categoria canção original (assista ao clipe acima)

QUEM DEVE LEVAR:  “Til It Happens to You”, da trilha de The Hunting Ground (Diane Warren e Lady Gaga)

QUEM AMEAÇA: “Simple Song #3”, da trilha de Youth (David Lang)

QUEM MERECE: “Simple Song #3”, da trilha de Youth (David Lang)

QUEM FICOU DE FORA:

MELHOR FOTOGRAFIA:

QUEM DEVE LEVAR:  O Regresso (Emmanuel Lubezki)

QUEM AMEAÇA: Mad Max: Estrada da Fúria (John Seale)

QUEM MERECE: O Regresso (Emmanuel Lubezki)

QUEM FICOU DE FORA: Macbeth (Adam Arkapaw)

MELHOR FIGURINO

QUEM DEVE LEVAR:  Mad Max: Estrada da Fúria (Jenny Beavan)

QUEM AMEAÇA: Carol (Sandy Powell)

QUEM MERECE: Mad Max (Jenny Beavan)

QUEM FICOU DE FORA: Macbeth (Jacqueline Durran)

MELHOR ANIMAÇÃO

divertida-mente-dublado

A Disney/Pixar deve levar mais um Oscar com a animação Divertida Mente, sucesso de público e crítica.

QUEM DEVE LEVAR:  Divertida Mente

QUEM AMEAÇA: Ninguém

QUEM MERECE: O Menino e O Mundo

QUEM FICOU DE FORA: O Bom Dinossauro

MELHOR DOCUMENTÁRIO

Amy-BLOG-SCROLL

Amy, sobre a cantora britânica Amy Winehouse, deve vencer como melhor documentário.

QUEM DEVE LEVAR:  Amy

QUEM AMEAÇA: What’s Happened, Miss Simone?

QUEM MERECE: Amy

QUEM FICOU DE FORA: O Peso do Silêncio

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

son-of-saul

Géza Röhrig em cena de Filho de Saul, representante da Hungria no Oscar 2016 e o favorito ao prêmio de Melhor Filme Estrangeiro.

QUEM DEVE LEVAR: O Filho de Saul (Hungria)

QUEM AMEAÇA: Cinco Graças (França)

QUEM MERECE: O Filho de Saul (Hungria)

QUEM FICOU DE FORA: Que Horas Ela Volta? (Brasil)

MELHOR MAQUIAGEM

QUEM DEVE LEVAR:  Mad Max: Estrada da Fúria (Lesley Vanderwalt, Elka Wardega e Damian Martin)

QUEM AMEAÇA: O Regresso (Siân Grigg, Duncan Jarman e Robert Pandini)

QUEM MERECE: Mad Max: Estrada da Fúria (Lesley Vanderwalt, Elka Wardega e Damian Martin)

QUEM FICOU DE FORA: No Coração do Mar

MELHOR EDIÇÃO

QUEM DEVE LEVAR: Mad Max: Estrada da Fúria

QUEM AMEAÇA: O Regresso

QUEM MERECE: Mad Max: Estrada da Fúria

QUEM FICOU DE FORA: Sicario: Terra de Ninguém

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

QUEM DEVE LEVAR: Mad Max: Estrada da Fúria

QUEM AMEAÇA: O Regresso

QUEM MERECE: Mad Max: Estrada da Fúria

QUEM FICOU DE FORA: Macbeth

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comente

Graduado em Letras pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), jornalista pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), professor de Literatura e produtor cultural. É também Editor Geral do site sobre cinema Janela7 e colunista do Paraíba Já, onde edita a coluna Jogo de Cena.