No início da tarde desta sexta-feira (28), o Botafogo-PB saiu da Maravilha do Contorno e pegou a estrada rumo a Maceió, onde enfrenta o CSA-AL neste domingo (30), às 16h, pela décima segunda rodada do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C.

Apesar do momento ruim vivido pelo Belo, que tem quatro derrotas nas últimas quatro partidas, o que acabou fazendo o time deixar o G4 e se aproximar perigosamente da zona de rebaixamento, o adversário do fim de semana pode deixar o torcedor botafoguense um pouco esperançoso, apesar de atualmente o time alagoano ocupar a liderança do grupo.

O retrospecto do Botafogo-PB em confrontos contra o Marujo é favorável ao time pessoense. Neste século, em campeonatos brasileiros, na Série C em 2003 e 2017, e na Série D de 2013, o Belo não sabe o que é perder. Foi um empate e quatro vitórias em cinco partidas. A última, inclusive, pela terceira rodada da terceira divisão deste ano, foi o único revés dos alagoanos até o momento na competição. Dico marcou os gols botafoguenses na vitória por 2 a 0.

No confronto geral, em partidas oficiais, por campeonatos brasileiros e Copa do Nordeste, foram 20 jogos, com 8 vitórias do Botafogo-PB, 6 empates e 6 vitórias do CSA-AL.

Lateral atua por 45 minutos e pede para deixar o clube

Depois de ser titular no primeiro tempo do jogo contra o Sampaio Corrêa-MA, válido pela nona rodada, e que acabou com vitória dos maranhenses por 2 a 1, o lateral direito Rafael Cruz, anunciado dia 12 de julho, deixou o Botafogo-PB.

Ele foi substituído por Lito no intervalo da única partida em que esteve em campo depois de um fraco desempenho na primeira etapa.

Segundo a diretoria do clube, a rescisão foi feita de forma amigável. Lito e Gustavo seguem sendo as opções para Itamar Schulle no setor. As informações são do Voz da Torcida

Comente

Camara Municipal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here