No início da tarde desta sexta-feira (28), o Botafogo-PB saiu da Maravilha do Contorno e pegou a estrada rumo a Maceió, onde enfrenta o CSA-AL neste domingo (30), às 16h, pela décima segunda rodada do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C.

Apesar do momento ruim vivido pelo Belo, que tem quatro derrotas nas últimas quatro partidas, o que acabou fazendo o time deixar o G4 e se aproximar perigosamente da zona de rebaixamento, o adversário do fim de semana pode deixar o torcedor botafoguense um pouco esperançoso, apesar de atualmente o time alagoano ocupar a liderança do grupo.

O retrospecto do Botafogo-PB em confrontos contra o Marujo é favorável ao time pessoense. Neste século, em campeonatos brasileiros, na Série C em 2003 e 2017, e na Série D de 2013, o Belo não sabe o que é perder. Foi um empate e quatro vitórias em cinco partidas. A última, inclusive, pela terceira rodada da terceira divisão deste ano, foi o único revés dos alagoanos até o momento na competição. Dico marcou os gols botafoguenses na vitória por 2 a 0.

No confronto geral, em partidas oficiais, por campeonatos brasileiros e Copa do Nordeste, foram 20 jogos, com 8 vitórias do Botafogo-PB, 6 empates e 6 vitórias do CSA-AL.

Lateral atua por 45 minutos e pede para deixar o clube

Depois de ser titular no primeiro tempo do jogo contra o Sampaio Corrêa-MA, válido pela nona rodada, e que acabou com vitória dos maranhenses por 2 a 1, o lateral direito Rafael Cruz, anunciado dia 12 de julho, deixou o Botafogo-PB.

Ele foi substituído por Lito no intervalo da única partida em que esteve em campo depois de um fraco desempenho na primeira etapa.

Segundo a diretoria do clube, a rescisão foi feita de forma amigável. Lito e Gustavo seguem sendo as opções para Itamar Schulle no setor. As informações são do Voz da Torcida

Comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here